Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

No SBT, “Fofocalizando” quebra tabu e faz fofoca sobre Rebeca Abravanel

Mauricio Stycer

2011-12-20T18:22:37

11/12/2018 22h37

Já escrevi mais de uma vez que a TV aberta brasileira é muito bem servida de programas de fofocas. São pelo menos cinco hoje no ar: "A Hora da Venenosa" na Record, "Fofocalizado", no SBT, e três na RedeTV! ("A Tarde É Sua", "Tricotando" e "TV Fama"), além de outros três que também enveredam por este terreno: "Vídeo Show", na Globo", "Melhor da Tarde", na Band, e "Mulheres", na Gazeta.

Curiosamente, todos padecem de uma mesma limitação – não fazem inconfidências sobre os artistas das próprias emissoras. Fofoca sobre artista da Globo, só nas outras emissoras, e por aí vai.

Nesta terça-feira (11), com autorização da direção do SBT, o "Fofocalizando" abriu um novo campo – fofoca sobre a família Abravanel. Leo Dias comentou uma notícia sobre um suposto relacionamento de Rebeca Abravanel com o jogador Alexandre Pato. A notícia já havia circulado por sites e programas de televisão, como o "TV Fama", mas ninguém poderia imaginar que seria destacada no SBT. Ao dar a notícia, Leo Dias lembrou desta minha crítica, feita no vídeo abaixo.

Resta ver se a fofoca sobre a filha de Silvio Santos foi uma exceção ou o início de uma nova regra. Se superar este tabu, o "Fofocalizando" só tem a ganhar em matéria de credibilidade. O mesmo vale para os demais programas do gênero.

Programas de fofocas só não fazem fofoca sobre artistas da própria emissora

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.