Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Nascimento relata ligação de Bolsonaro para lhe fazer recomendação médica

Mauricio Stycer

2009-02-20T19:00:14

09/02/2019 00h14


Num momento bem incomum no "SBT Brasil", o apresentador Carlos Nascimento contou ter recebido nesta sexta-feira (08) uma ligação do presidente Jair Bolsonaro, que está internado no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Segundo o jornalista, a intenção de Bolsonaro foi lhe fazer uma recomendação médica.

"Hoje cedo o presidente me ligou e nós conversamos. Ele havia feito a fisioterapia e não me telefonou para dar entrevista, mas ele queria fazer uma recomendação médica, pois eu passei por uma cirurgia muito parecida com a dele, parcialmente, e o presidente queria me aconselhar. Eu agradeci e aí perguntei sobre a saúde dele. Ele disse que está bem, que pretende sair do hospital na terça-feira (12), desde que os médicos concordem. Ele falou: 'Olha, a medicina tem muitos improváveis, mas se der tudo certo, terça-feira'."

Nascimento não deu maiores detalhes sobre a recomendação médica recebida nem sobre a cirurgia "muito parecida com a dele, parcialmente" a que foi submetido. O único fato que se conhece sobre a saúde do jornalista foi revelado por ele mesmo, durante o Troféu Imprensa, gravado em fevereiro de 2014 e exibido dois meses depois. Na ocasião, Nascimento disse que estava se tratando de um câncer e agradeceu o apoio recebido de Silvio Santos. Em maio daquele ano, o jornalista retornou ao trabalho na emissora, após nove meses afastado.

Nascimento contou que, após a conversa sobre saúde, quis ouvir a opinião do presidente sobre outros assuntos. "Tomei a liberdade de fazer algumas perguntas", disse. Ouviu de Bolsonaro que os desencontros dentro do governo sobre a reforma da Previdência são naturais neste momento. E que o presidente considerou "muito bom" o projeto apresentado pelo ministro da Justiça, Sergio Moro, propondo medidas de combate ao crime e à corrupção. Segundo o âncora do SBT, Bolsonaro também pediu informações sobre o incêndio no centro de treinamento do Flamengo.

Veja abaixo:

Veja também
Bolsonaro retira sonda e não tem mais febre; porta-voz confirma pneumonia

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.