PUBLICIDADE
Topo

Mauricio Stycer

Com Corinthians, RedeTV! chega a ficar 6 pontos à frente da Globo

Mauricio Stycer

28/02/2019 00h01

Imagem: REUTERS/Agustin Marcarian

No ano em que comemora o seu 20º aniversário (foi inaugurada em 15 de novembro de 1999), a RedeTV! voltou a registrar audiência com dois dígitos, o que não acontecia desde 26 de setembro de 2010, com o "Pânico". O feito foi alcançado na transmissão da partida entre Corinthians e Racing, em Buenos Aires, pela Copa-Sul-Americana, nesta quarta-feira (24).

Dados consolidados do Ibope indicam que a emissora, entre 21h28 e 23h45, registrou média de 9,9 pontos, ficando em terceiro lugar, atrás de Globo (16,3) e SBT (11,3). A Record ficou em quarto lugar, com média de 9,5 pontos.

No momento de maior audiência, durante a disputa de pênaltis,às 23h38, registrou média de 16,3 contra 10,1 da concorrente, uma diferença de mais de seis pontos. Por 14 minutos, entre 23h26 e 23h39, a RedeTV! ficou em primeiro lugar. "Meu abraço carinhoso e a certeza que fizemos história", festejou o narrador Dudu Monsanto.

Na partida de ida entre Corinthians e Racing pela Sul-Americana, exibida numa quinta-feira, em 14 de fevereiro, a emissora registrou média de 7,5 pontos no Ibope, ficando atrás da Globo e do SBT. Foi o melhor resultado desde dezembro de 2011. A transmissão chegou a alcançar pico de 10,1 pontos e deixou a RedeTV! na vice-liderança por sete minutos não consecutivos.

No início de fevereiro, RedeTV! e o serviço de streaming DAZN firmaram acordo para a exibição de 12 jogos da temporada 2019 da Sul-Americana, com exclusividade na TV aberta, de fevereiro a novembro, às quartas ou quintas-feiras. O acordo também contempla a transmissão do Campeonato Italiano, aos sábados, às 16h30, de março a maio, além da temporada seguinte (2019/2020) de agosto a maio.

Jogos do Corinthians exibidos em outras emissoras já superaram a média de audiência da Globo em pelo menos três ocasiões. Mas a disputa nunca foi contra uma outra partida de futebol.

Final do Brasileiro de 1990. Em 16 de dezembro, a vitória do Corinthians sobre São Paulo por 1 a 0, transmitida pela Band, com narração de Luciano do Vale, registrou média de 29 pontos, contra 10,8 da Globo (com Faustão e Trapalhões) e 11 do SBT (com Silvio Santos). Naquele ano, os direitos de transmissão foram exclusivos da Band.

Final da Copa do Brasil de 1995. Com narração de Luiz Alfredo, a vitória do Corinthians sobre o Grêmio, por 1 a 0, em 21 de junho, rendeu média de 42 pontos no Ibope em São Paulo ao SBT. Foi a maior audiência da emissora de Silvio Santos em sua história, só superada em 2001 pela final da Casa dos Artistas, que registrou média de 47 pontos. A Globo exibia, então, a novela "A Próxima Vítima".

Final do Mundial de Clubes, em 2000. A partida em que o Corinthians venceu o Vasco nos pênaltis, após um 0 a 0 no tempo de jogo, teve transmissão exclusiva da Band. Numa sexta-feira, 14 de janeiro, novamente com narração de Luciano do Vale, a emissora registrou média de 35 pontos no Ibope, em São Paulo, contra 30 de "Terra Nostra", então exibida pela Globo.

Veja também
Cássio brilha nos pênaltis, e Corinthians passa do Racing na Sul-Americana

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.