Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Fernanda Gentil grava novo piloto, mas Globo diz que não há nada definido

Mauricio Stycer

30/05/2019 18h49

Desde que deixou de apresentar o "Esporte Espetacular" rumo ao comando de um novo programa na área de entretenimento, Fernanda Gentil tem sido objeto de muita curiosidade. E é natural que seja. Longe do vídeo desde dezembro de 2018, aguarda-se com ansiedade o próximo passo destinado a ela pela Globo.

Nesta semana, Fernanda voltou a gravar o piloto de um programa que mistura entretenimento e jornalismo dirigido ao período da tarde da emissora. Seria um sinal mais claro de que um novo projeto estaria em andamento. A Globo apenas diz que "existem vários projetos em discussão, mas nada definido ainda".

Parte da especulação em torno da jornalista foi alimentada pela própria empresa, ao comunicar a saída dela do "Esporte Espetacular" em dezembro. O anúncio ocorreu apenas uma semana depois que Mariano Boni trocou uma posição importante no jornalismo pelo comando de uma série de programas de entretenimento:

"Fernanda Gentil ficará à disposição do Entretenimento da Globo. Com as movimentações anunciadas na semana passada, novos projetos estão sendo desenhados e poderão contar com Fernanda, que faz agora o mesmo caminho de desenvolvimento profissional já experimentado por outros apresentadores do Jornalismo e do Esporte da Globo", dizia a nota.

Pelo ritmo das mudanças no final do ano, parecia lógico que Fernanda Gentil estaria à frente de alguma atração no início de 2019. Em março, porém, o jornalista Ricardo Feltrin informou que a Globo havia decidido adiar a estreia para o segundo semestre ou para 2020.

E, de fato, as novidades da grade, anunciadas em abril, não incluíram o seu nome. Segundo o site Notícias da TV informou naquele mês, uma pesquisa mostrou rejeição a Fernanda entre o público mais velho. A Globo nega que ela sofra rejeição.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.