Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Contratação de Mari Palma e Siani mira jovens e redes sociais, diz CNN

Mauricio Stycer

22/07/2019 12h02

Mari Palma e Phelipe Siani com Douglas Tavolaro CEO da CNN Brasil. Foto: Divulgação

A CNN Brasil confirmou nesta segunda-feira (22) a contratação de Mari Palma e Phelipe Siani. Como a notícia já havia vazado há alguns dias, a principal novidade é a explicação do canal para a escolha do casal de jornalistas.

Sinal dos tempos, trata-se, até onde eu sei, da primeira vez que jornalistas são contratados em função, entre outros motivos, do seu alcance nas redes sociais e do reconhecimento que têm entre o público jovem.

"Juntos, os jornalistas comandarão programas diários no canal e nas demais plataformas", diz o canal em seu comunicado oficial.

A palavra "plataforma" é repetida na frase seguinte, que também realça a ambição de alcançar um nicho etário: "A contratação de Mari e Siani faz parte da estratégia da CNN Brasil de atrair também a audiência do público jovem em todas as plataformas de exibição de conteúdo do canal."

O alcance dos jornalistas nas redes sociais é citado explicitamente neste outro trecho: "A credibilidade de ambos e o estilo informal nas reportagens e apresentações despertaram o interesse de milhões de telespectadores e seguidores e conquistaram a simpatia e reconhecimento do público."

Ao descrever o perfil profissional de Mari Palma, a CNN volta a falar das redes sociais: "Ganhou destaque e força nas redes sociais – hoje, tem mais de 1,3 milhão de seguidores só no Instagram."

Veja também
Feltrin: Por que a Globo está deixando repórteres irem embora?

Veja abaixo a íntegra da nota:

Mari Palma e Phelipe Siani serão apresentadores na CNN Brasil
Jornalistas deixam TV Globo para integrarem novo projeto no maior canal de notícias do mundo

São Paulo, 22 de julho de 2019 – A CNN Brasil anuncia as contratações de Mari Palma e Phelipe Siani. Juntos, os jornalistas comandarão programas diários no canal e nas demais plataformas.

A contratação de Mari e Siani faz parte da estratégia da CNN Brasil de atrair também a audiência do público jovem em todas as plataformas de exibição de conteúdo do canal.

A credibilidade de ambos e o estilo informal nas reportagens e apresentações despertaram o interesse de milhões de telespectadores e seguidores e conquistaram a simpatia e reconhecimento do público.

Repórter especial do Jornal Nacional, Siani trabalhou na TV Globo por 13 anos. Passou por Bom Dia Brasil, Fantástico, Jornal da Globo e Globo Rural. Com texto criativo, abordava assuntos complexos, como economia, sempre de uma forma leve e fácil de entender. Era também referência para reportagens de tecnologia e inovação.

"Ser um dos âncoras do maior canal de notícias do mundo é algo que me desperta um frio na barriga, fundamental para os desafios que o jornalismo tem daqui pra frente", revela Phelipe Siani.

Mari Palma fez do G1, onde começou profissionalmente, sua porta de entrada para o time de principais repórteres da Globo. Mari se destacou ao criar e apresentar 'G1 em 1 minuto', informativo do portal de notícias na programação da emissora, em 2015. Ganhou destaque e força nas redes sociais – hoje, tem mais de 1,3 milhão de seguidores só no Instagram. O estilo despojado e criativo a levou para o Fantástico e depois para o entretenimento da Globo, no programa Mais Você. Mari permaneceu durante 11 anos na emissora.

"Se um dia me dissessem que eu seria apresentadora da CNN, eu jamais acreditaria. Não tenho nem roupa pra isso! Brincadeiras de lado, não vejo a hora de botar a mão na massa e fazer parte desse projeto que eu já sinto tanto orgulho", destaca Mari Palma.

A contratação dos profissionais faz parte do grande projeto de implantação do canal no Brasil, que, no começo de junho, já havia anunciado a chegada dos jornalistas William Waack e Evaristo Costa.

"Mais dois grandes talentos chegam ao time da CNN Brasil e o futuro canal começa a tomar corpo. Motivo de muito orgulho poder contar com profissionais reconhecidamente tão competentes. O objetivo é reunir uma seleção de grandes nomes do jornalismo brasileiro", declara Douglas Tavolaro, CEO e fundador da CNN Brasil.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.