Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Patrícia Abravanel festeja patrocínio e dono da Havan exibe crachá do SBT

Mauricio Stycer

16/08/2019 23h17

Na véspera da reestreia de "Topa ou Não Topa", Patrícia Abravanel festejou nas redes sociais a adesão de um patrocinador para o game show. Trata-se de uma empresa hoje conhecidíssima dos espectadores do SBT, a Havan, de Luciano Hang.

A filha de Silvio Santos cumpriu o ritual a que se submetem todos os apresentadores do SBT patrocinados pela rede varejista – visitou a sede da empresa, posou para fotos e fez vídeos com o dono, "um líder visionário, inspirador, corajoso e ousado!".

Em um post fechado para comentários no Instagram, Patrícia também fez propaganda do empresário e do seu negócio: "Obrigada por acreditar no nosso país, obrigada pela confiança no SBT! Que vocês prosperem ainda mais! Quero uma Havan perto da minha casaaa!! A Loja tem tudo e é MUITO legal!"

Circulou no SBT a informação que o acordo com a Havan implicaria na inclusão da marca no título do programa que Patrícia vai apresentar. Procurada pelo blog, a emissora nega que isso tenha sido cogitado.

Hang, por sua vez, postou um vídeo no qual exibe um crachá do SBT de "cliente preferencial". E explicou: "A Havan patrocina e acredita nos programas do SBT, porque podem ser assistidos por todas as faixas etárias. É o canal da família brasileira".

No vídeo, Patrícia convida Hang a participar do "Topa ou Não Topa". "Um dia você vai lá. Falando sério", disse. "Vocês vão ver ele lá, a gente vai inventar", acrescentou, dirigindo-se aos espectadores.

De fato, não será surpresa se isso ocorrer. Como mostrei no início da semana, a relação de Hang com o SBT é muito atípica. Nos últimos oito meses, o empresário esteve em seis programas da emissora, num total de 210 minutos.

"Topa ou Não Topa", que já foi apresentado por Silvio Santos (2006-07) e Roberto Justus (2010-11), reestreia neste sábado, às 15h30, sob o comando de Patrícia.

Veja também
"Sextou mais cedo pra mim", diz Sheherazade sobre afastamento do SBT Brasil

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.