Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

De surpresa e sem explicações, comando da Globoplay sofre nova mudança

Mauricio Stycer

19/08/2019 17h52

No comando da Globoplay desde o início de 2018, o executivo João Mesquita deixou o cargo nesta segunda-feira (19) sem qualquer explicação oficial. Em seu lugar, foi nomeado o jornalista Erick Bretas (à dir.), que comandou o lançamento do serviço de streaming a partir de 2015 e deixou o cargo após a nomeação de Mesquita.

A forma como se deu e foi anunciada nesta tarde a saída de Mesquita indica que ela não ocorreu pacificamente. Procurada, a Globo não deu informações sobre as razões da mudança. Encontrei o executivo há dez dias, no evento de lançamento dos novos estúdios da Globo. Em uma conversa informal com jornalistas, manifestou empolgação com os novos passos e as séries que estavam para ser lançadas pela Globoplay.

À noite, a jornalista Cristina Padiglione informou, em seu blog, que Mesquita está de mudança para a Amazon Prime Video, no Brasil. As circunstâncias desta mudança, porém, ainda aguardam mais esclarecimentos.

Mesquita entendia que havia espaço no mercado de conteúdo por demanda via internet para duas ou três grandes empresas se estabelecerem como "pilares". "E a Globoplay vai ser um deles", dizia. "É a única nacional. Produzimos conteúdo que as pessoas querem ver", observou em dezembro do ano passado, citando Netflix, Amazon e Disney.

Sob o comando de Mesquita, a Globoplay anunciou planos ambiciosos, entre os quais o licenciamento de até 100 títulos estrangeiros até o final de 2019.

Bretas saiu da Globoplay no final de 2017 quando vazou a notícia de que o serviço de streaming passaria por grande transformação, deixando de ser apenas uma plataformo de exibição da programação da própria Globo para se tornar um serviço mais completo e interativo.

Bretas, então, assumiu nos Estados Unidos a direção do Hub Globo Silicon Valley, onde buscou oportunidades de novos negócios para o grupo Globo. Um dos negócios derivados desta iniciativa foi a parceria com a startup americana Magic Leap, criadora de uma tecnologia que mescla elementos de realidade virtual e realidade aumentada.

No comunicado que anunciou a volta de Bretas à Globoplay, o presidente executivo do Grupo Globo, Jorge Nóbrega, afirma: "A imersão recente no ambiente de novos negócios digitais e de tecnologia no Vale do Silício e em atividades de M&A (fusões e aquisições) aceleraram seu desenvolvimento como executivo, qualificando-o para apoiar a Globo de forma ainda mais relevante na nossa estratégia atual."

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.