Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

“Bolsonaro é impulsivo, às vezes atira antes de pensar”, diz Boris Casoy

Mauricio Stycer

28/08/2019 05h01

Perto de completar três anos à frente do telejornal "RedeTV News", Boris Casoy recebeu o UOL Vê TV para uma entrevista na sede da emissora. A conversa girou em torno de telejornalismo, com reflexões sobre o passado, o presente e o futuro do noticiário na televisão.

Um dos temas principais, na visão do jornalista, é o impacto da crise econômica sobre todas os canais, inclusive a Globo. "As emissoras estão atravessando dificuldades gigantescas", diz.

Casoy conta sobre o cuidado que tem ao opinar no telejornal da RedeTV! e cita, fazendo um contraste, o presidente Jair Bolsonaro. "O presidente da República é um homem impulsivo, que às vezes atira antes de pensar. Se você quer fazer um jornalismo sério, tem que pensar muito antes de falar", diz.

O âncora fala, também, sobre como lida com Marcelo de Carvalho, vice-presidente da emissora e apoiador ruidoso do governo, e com Franz Vacek, superintendente de jornalismo e esporte, que lhe dá liberdade total para opinar. Casoy menciona, ainda, a sua admiração por Ricardo Boechat, âncora da Band, morto em fevereiro deste ano. "Era uma figura muito avançada para o tempo", diz.

No vídeo acima, estão destacados estes trechos. A entrevista completa em vídeo com Casoy está disponível no canal do YouTube do UOL. E a íntegra da conversa pode ser ouvida no podcast UOL Entrevista.

Casoy relembra, ainda, o espanto que teve com a fama ao trocar a imprensa pela TV, reflete sobre a chegada da CNN no Brasil, fala de sua relação com Silvio Santos, avalia os 50 anos do Jornal Nacional, avalia o episódio em que ofendeu os garis, na Band, e diz o que pensa sobre aposentadoria.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.