Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Datena negocia com sindicalista ao vivo e ajuda a encerrar greve de ônibus

Mauricio Stycer

05/09/2019 17h55

Nome sonhado por alguns partidos para concorrer à Prefeitura de São Paulo em 2020, José Luiz Datena negociou o fim de uma greve de motoristas de ônibus na cidade esta tarde, ao vivo, no "Brasil Urgente".

Em diálogo com Valdevan Noventa, presidente licenciado do Sindimotoristas, Datena argumentou que a paralisação, iniciada no começo da tarde, traria muitos prejuízos aos passageiros no momento de retornar para casa. O apresentador também disse que não era justo parar os ônibus sem aviso prévio, como ocorreu.

Para surpresa geral, a conversa teve efeito. O sindicalista concordou em encerrar a paralisação e retomá-la a partir da 0h. "Pode anunciar. Pode mandar filmar nos terminais", disse Valdevan ao apresentador.

"Vitória do povo brasileiro. O povo brasileiro é tão sofrido. São Paulo que estava parando e volta a funcionar", festejou Datena. "Eu fiz ver ao Valdevan que seria legal os ônibus voltarem a funcionar e ele concordou".

Durante a "negociação", Datena argumentou com o sindicalista: "É uma sacanagem. O povo vai se ferrar". Após alguma conversa, o presidente do Sindimotoristas disse ao apresentador do "Brasil Urgente": "Atendendo a sua reivindicação, nós vamos liberar os ônibus a voltarem".

Quando se deu conta que os motoristas voltariam mesmo ao trabalho, o apresentador disse ao sindicalista: "Se você for candidato na próxima eleição, voto em você."

Datena tentou conversar com o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, mas não conseguiu.

Em julho de 2018, três semanas após desistir de disputar uma vaga ao Senado, Datena anunciou a intenção de concorrer à Prefeitura de São Paulo nas eleições de 2020 em entrevista "UOL Vê TV". No início de maio deste ano, a Folha informou que o apresentador conversou com o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, sobre a sucessão na prefeitura. Há três dias, o Estadão noticiou que Datena está se aproximando de Márcio França e do PSB, de olho na eleição no ano que vem.

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.