Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Empresa de sócio da CNN diz que Record promove “represália de baixo nível”

Mauricio Stycer

30/09/2019 22h25

Adriana Araújo e Celso Freitas, apresentadores do "Jornal da Record"

O "Jornal da Record" exibiu na segunda-feira (30) uma terceira reportagem negativa com críticas à construtora MRV, de Rubens Menin, desta vez sobre um antigo processo sobre trabalho análogo à escravidão sofrido pela empresa. A empresa comemorou 40 anos de existência justamente nesta segunda.

Procurada pela Record para comentar a reportagem, a MRV enviou uma resposta dura, que não foi divulgada pela emissora. No texto, a construtora observa que estas três matérias do telejornal, exibidas em um intervalo de dez dias, "são uma represália de baixo nível da direção da emissora à contratação do apresentador Reinaldo Gottino pela CNN Brasil". É a primeira vez que a empresa comenta o caso.

Menin, como se sabe, é também o principal investidor da CNN Brasil, em sociedade com o jornalista Douglas Tavolaro, CEO do futuro canal de notícias. A nota enviada ao JR e não divulgada diz ainda que o ataque à MRV é "um atentado contra a marca do Jornalismo da Record e um desrespeito a seus profissionais."

Ao final da exibição da matéria, a apresentadora Adriana Araújo disse apenas: "Procurada pelo Jornal da Record, a construtora não se manifestou a respeito do conteúdo da reportagem". A mensagem da MRV foi enviada originalmente às 18h42. Como não foi divulgada, a construtora reafirmou à Record que a resposta era aquela enviada. E disse que a área jurídica da empresa vai acompanhar o caso.

Abaixo, a íntegra da nota:

"Sobre os questionamentos para esta e outras 'reportagens', a MRV esclarece ao telespectador da RecordTV que são uma represália de baixo nível da direção da emissora à contratação do apresentador Reinaldo Gottino pela CNN Brasil. Trata-se de um atentado contra a marca do Jornalismo da Record e um desrespeito a seus profissionais.

Solicitamos a veiculação da resposta acima na íntegra, conforme previsto na lei federal Nº 13.188, de 11 de novembro de 2015."

Veja também
Após contratar Gottino, sócio da CNN é alvo de ataque do Jornal da Record
CNN Brasil não será de esquerda nem de direita, promete Douglas Tavolaro
"Nunca defendi nem Bolsonaro nem ninguém", diz principal acionista da CNN

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.

Mais Blog do Maurício Stycer