Topo
Blog do Mauricio Stycer

Blog do Mauricio Stycer

Ex-jornalistas da Globo criam programa de TV para analisar e criticar o JN

Mauricio Stycer

01/10/2019 10h49

O jornalista Chico Malfitani apresenta o "Nocaute no Jornal Nacional: O Outro Lado do JN"

Estreou nesta segunda-feira (30), com a promessa de ser diário, "Nocaute no Jornal Nacional: O Outro Lado do JN". O programa, apresentado no You Tube pelo jornalista Chico Malfitani, nasce com "a ambição de fazer a crítica do mais importante telejornal da televisão brasileira nos últimos 50 anos".

O programa é uma criação do site Nocaute, do jornalista, escritor e político Fernando Morais, autor de livros como "Olga", "Chatô", "Corações Sujos" e "Os Últimos Soldados da Guerra Fria", entre outros, e no momento escrevendo uma biografia do ex-presidente Lula.

Chico Malfitani trabalhou em diferentes veículos de imprensa, como Veja, Folha, TVs Globo, Band e Record, antes de se tornar especialista em marketing político, dirigindo campanhas eleitorais de candidatos de esquerda. Também participam da criação do programa os jornalistas Alberto Villas, que foi editor-chefe do "Jornal da Globo", do "Hoje" e chefe de redação do "Fantástico", e Alcides Moreno.

Malfitani entrou ao vivo assim que terminou a edição desta segunda-feira do JN e comentou, criticamente, quatro notícias apresentadas pelo telejornal da Globo.

Sobre a tragédia de Brumadinho, que completou oito meses, o JN mencionou o número de mortos, mas "esqueceu de dizer que ninguém foi preso até hoje", observou o apresentador. E ao falar da fraude cometida por forasteiros que se mudaram para a cidade em busca do benefício de um salário mínimo, o telejornal não registrou, segundo ele, que isto sinaliza "o nível de miséria que estamos vivendo".

Malfitani comentou também a notícia sobre a liberação de parte da verba do Ministério da Educação que estava bloqueada e desdobramentos da intenção do Partido Democrata, nos EUA, de abrir um processo de impeachment contra o presidente Donald Trump.

Por fim, comentou o noticiário sobre o pedido da Lava Jato para que o ex-presidente Lula mude para o regime semiaberto. "A Lava Jato, que sempre se preocupou em prender as pessoas, agora está preocupada em soltar Lula. E o Jornal Nacional não perguntou: por que esses procuradores estão querendo a liberdade de Lula?"

Procurei a Globo em busca de um comentário sobre o programa, mas a emissora não respondeu.

Veja abaixo o programa de estreia:

Siga o blog no Facebook e no Twitter.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Sobre o autor

Mauricio Stycer, jornalista, nascido no Rio de Janeiro em 1961, mora em São Paulo há 30 anos. É repórter especial e crítico do UOL. Assina, aos domingos, uma coluna sobre televisão na "Folha de S.Paulo". Começou a carreira no "Jornal do Brasil", em 1986, passou pelo "Estadão", ficou dez anos na "Folha" (onde foi editor, repórter especial e correspondente internacional), participou das equipes que criaram o diário esportivo "Lance!" e a revista "Época", foi redator-chefe da "CartaCapital", diretor editorial da Glamurama Editora e repórter especial do iG. É autor dos livros "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018), "Adeus, Controle Remoto" (Arquipélago, 2016), “História do Lance! – Projeto e Prática do Jornalismo Esportivo” (Alameda, 2009) e "O Dia em que Me Tornei Botafoguense" (Panda Books, 2011).

Contato: mauriciostycer@uol.com.br

Sobre o blog

Um espaço para reflexões e troca de informações sobre os assuntos que interessam a este blogueiro, da alta à baixa cultura, do esporte à vida nas grandes cidades, sempre que possível com humor.