Topo
Blog do Nilson Xavier

Blog do Nilson Xavier

Conheça os personagens e compare os elencos das duas versões de "Gabriela"

Nilson Xavier

17/06/2012 06h30

A Globo estreia nesta segunda-feira (18/06) a sua nova "novela das 11", Gabriela, adaptação de Walcyr Carrasco do romance Gabriela Cravo e Canela de Jorge Amado, com direção geral de Mauro Mendonça Filho. O primeiro capítulo (nesta segunda) vai ao ar – excepcionalmente – logo depois de Avenida Brasil.

Este não é um remake da novela homônima apresentada pela Globo em 1975, mas uma nova adaptação do livro de Jorge Amado. A produção dos anos 70 tornou-se um marco em nossa teledramaturgia – uma adaptação de Walter George Durst com direção geral de Walter Avancini, que comemorava à época os dez anos de existência da TV Globo e que lançou Sônia Braga ao estrelato.

Conheça os personagens e seus intérpretes em ambas as versões.

A história começa no sertão da Bahia em 1925, ano em que ocorreu uma grande seca no Nordeste brasileiro, o que obrigou populações famintas a migrarem para o sul do estado em busca de melhores condições de vida. É neste cenário que a jovem Gabriela parte para Ilhéus, próspera cidade no litoral, reduto de ricos fazendeiros de cacau.

Gabriela – Sônia Braga / Juliana Paes
Retirante que chega a Ilhéus fugindo da seca. Moça bela, sem maldade e de espírito livre. Vai trabalhar na casa do "turco" Nacib, com quem inicia um romance.

Nacib – Armando Bógus / Humberto Martins
Dono do Bar Vesúvio, ponto de encontro dos moradores de Ilhéus. Figura simpática e conhecida de todos. Apaixona-se pela beleza e ingenuidade de Gabriela, sua cozinheira.

Coronel Ramiro Bastos – Paulo Gracindo / Antônio Fagundes
Velho fazendeiro de cacau, líder político da região. É um homem temido por todos, que dita as leis de acordo com seus interesses.

Mundinho Falcão – José Wilker / Matheus Solano
Jovem de ideias progressistas que chega a Ilhéus e entra em choque com o Coronel Ramiro Bastos ao envolver-se nos movimentos de renovação política na região. Para enfrentá-lo, aproxima-se da neta do coronel, Jerusa, por quem acaba se apaixonado.

Tonico Bastos – Fúlvio Stefanini / Marcelo Serrado
Filho mais novo do Coronel Ramiro. Frequentador assíduo do Vesúvio e do Bataclan, famoso cabaré de Ilhéus. Mulherengo inveterado, apesar de casado. Vai tentar seduzir Gabriela.

Olga – Ângela Leal / Fabiana Karla
Mulher de Tonico, esposa ciumenta e que acredita na fidelidade do marido.

Alfredo Bastos – Hemílcio Fróes / Bertrand Duarte
Médico, filho mais velho do Coronel Ramiro. Assim como o irmão Tonico, não tem tino político para dar continuidade à supremacia da família Bastos na região, o que preocupa Ramiro, que quer deixar um herdeiro no comando.

Silvia – Sônia Oiticica / Conceição – Vera Zimermann
Mulher de Alfredo. Respeita o sogro Ramiro, a quem admira mais que o marido.

Jerusa – Nívea Maria / Luiza Valdetaro
A neta preferida do Coronel Ramiro. Filha de Alfredo por quem Mundinho se apaixona. Moça romântica, retribui o amor de Mundinho, apesar da oposição da família.

Malvina – Elizabeth Savalla / Vanessa Giácomo
Amiga e confidente de Jerusa. Moça de ideias liberais, não aceita as imposições à mulher na sociedade de seu tempo. Vive batendo de frente com o pai autoritário. Entra em choque com a família quando se apaixona pelo forasteiro Rômulo Vieira.

Coronel Melk Tavares – Gilberto Martinho / Chico Diaz
Braço direito do Coronel Ramiro Bastos. Pai de Malvina, homem rígido e de personalidade forte, impõe mil proibições à filha rebelde.

Idalina – Ana Ariel / Marialva – Bel Kutner
A submissa mulher do Coronel Melk. Sofre ao tentar acalmar os ânimos entre o marido e a filha Malvina.

Rômulo Vieira – Marcos Paulo / Henri Castelli
Engenheiro, amigo de Mundinho. Vem a Ilhéus a trabalho e seduz Malvina, que se apaixona por ele.

Coronel Jesuíno Guedes Mendonça – Francisco Dantas / José Wilker
Velho coronel de ideias retrógradas. Homem violento e rude, amigo do Coronel Ramiro Bastos.

Sinhazinha – Maria Fernanda / Maitê Proença
Esposa do Coronel Jesuíno, que sofre nas mãos do marido, um homem bruto. Mulher elegante e charmosa, é inconformada com a vida que leva, apesar da submissão ao marido.

Dr. Osmundo Pimentel – João Paulo Adour / Erik Marmo
Jovem dentista da capital que vem montar um consultório em Ilhéus. Tem um romance com Sinhazinha Guedes Mendonça, mas o casal de amantes é descoberto pelo marido dela.

Coronel Coriolano Ribeiro – Rafael de Carvalho / Ary Fontoura
Coronel que vive em sua fazenda mas mantem uma casa em Ilhéus para sua "teúda e manteúda". Desconfiado e ciumento, sempre acha que está sendo traído, pois já fora várias vezes, o que o faz trocar constantemente de amante.

Glória – Ana Maria Magalhães / Suzana Pires
A atual "teúda e manteúda" do Coronel Coriolano. Ele a proíbe a sair de casa, o que faz com que ela passe o dia na janela a olhar o movimento da rua para se distrair.

Professor Josué – Marco Nanini / Anderson Di Rizzi
Professor de Jerusa e Malvina. Jovem tímido e romântico. Vai viver um tórrido romance com Glória, longe dos olhos do Coronel Coriolano.

Dr. Maurício Caires – Paulo Gonçalves / Cláudio Mendes
Diretor do principal colégio de Ilhéus, onde estudam Jerusa e Malvina. Puxa-saco e pau mandado do Coronel Ramiro Bastos.

Coronel Amâncio Leal – Castro Gonzaga / Genézio de Barros
Coronel aliado de Ramiro Bastos e, portanto, opositor de Mundinho Falcão.

Berto – Mário Gomes / Rodrigo Andrade
Filho do Coronel Amâncio. Jovem boa pinta e boa vida. O pai quer que ele se envolva com Jerusa, para que sua família se una com a família Bastos.

Maria Machadão – Eloísa Mafalda / Ivete Sangalo
Cafetina do Bataclan. Autoritária no trato com suas meninas, conhece a fundo os poderosos de Ilhéus.

Zarolha – Dina Sfat / Leona Cavalli
Prostituta do Bataclan, amiga de Maria Machadão. É a preferida de Nacib, até a chegada de Gabriela.

Dr. Pelópidas – Ary Fontoura / Ilya São Paulo
Conhecido apenas como "Doutor", apoia as ideias de Mundinho Falcão.

João Fulgêncio – Luís Orioni / Paschoal da Conceição
Outro aliado de Mundinho Falcão, amigo do Doutor. Dono de uma papelaria que é o centro intelectual de Ilhéus.

Dr. Ezequiel Prado – Jaime Barcellos / José Rúbens Chachá
Jurista de ideias liberais, amigo de Nacib.

Padre Basílio – Jorge Cherques / Padre Cecílio – Frank Menezes
O pároco de Ilhéus. Sacerdote submisso que sofre com a pressão das beatas contra as prostitutas do Bataclan.

Príncipe Sandra – Paulo César Pereio / Emílio Orciollo
Ilusionista vigarista que chega a Ilhéus com Mundinho Falcão, acompanhado de sua parceira, Anabela.

Anabela – Neila Tavares / Bruna Linzmeyer
Comparsa de Príncipe em seus golpes. Usa a beleza para enganar os homens.

Dona Arminda – Thelma Reston / Neusa Maria Faro
Arrumadeira na casa de Nacib. Ensina o serviço a Gabriela e torna-se sua melhor amiga.

Tuísca – Cosme dos Santos / Max Lima
Engraxate e garoto de recados de Ilhéus. Torna-se amigo de Gabriela.

Chico Moleza – Tonico Pereira / Renan Ribeiro
Filho de Dona Arminda, trabalha como atendente no Vesúvio.

Negro Fagundes – Clementino Kelé / Jhe Oliveira
Atravessou a caatinga com Gabriela, de quem é amigo. Ao chegar a Ilhéus, torna-se jagunço na fazenda do Coronel Melk Tavares.

Clemente – Adhemar Rodrigues / Daniel Ribeiro
Amigo do Negro Fagundes, apaixonado por Gabriela, com quem vive um romance na travessia da caatinga. Também se torna jagunço na fazenda do Coronel Melk Tavares.

Existem personagens da versão de 1975 que não estão na nova novela. Assim como personagens novos que Walcyr Carrasco criou especialmente para sua adaptação: Doroteia (Laura Cardoso), Juvenal (Marco Pigossi), Coronel Manoel das Onças (Mauro Mendonça), Coronel Eustáquio (Lúcio Mauro), Coronel Altino (Nelson Xavier), Coronel Ribeirinho (Harildo Deda), Douglas (Jackson Costa), Nhô Galo (Edmilson Barros), Lindinalva (Giovanna Lancelotti), Florzinha (Bete Mendes), Quinquina (Ângela Rebello), Natasha (Nathália Rodrigues), Theodora (Emanuelle Araújo), Miss Pirangi (Gero Camilo), Mara (Suyane Moreira), e outros.

Uma curiosidade: José Wilker e Ary Fontoura aparecem nos elencos das duas versões de Gabriela. Em 1975, Wilker foi Mundinho Falcão (personagem hoje de Matheus Solano). Agora, Wilker é o Coronel Jesuíno (que foi Francisco Dantas em 1975). Ary Fontoura, por sua vez, foi o Doutor Pelópidas em 1975 (hoje, Ilya São Paulo), e na versão atual é o Coronel Coriolano (personagem de Rafael de Carvalho na década de 70).

Sobre o autor

Nilson Xavier é catarinense e mora em São Paulo. Desde pequeno, um fã de televisão: aos 10 anos já catalogava de forma sistemática tudo o que assistia, inclusive as novelas. Pesquisar elencos e curiosidades sobre esse universo tornou-se um hobby. Com a Internet, seus registros novelísticos migraram para a rede: em 2000 lançou o site Teledramaturgia (http://www.teledramaturgia.com.br/), cujo sucesso o levou a publicar o Almanaque da Telenovela Brasileira, em 2007.

Sobre o blog

Um espaço para análise e reflexão sobre a produção dramatúrgica em nossa TV. Seja com a seriedade que o tema exige, ou com uma pitada de humor e deboche, o que também leva à reflexão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Nilson Xavier