Topo
Blog do Nilson Xavier

Blog do Nilson Xavier

Carrasco, Malhação e Marquezine entre os mais repercutidos de 2018 no blog

Nilson Xavier

31/12/2018 10h24

Bianca Bin em "O Outro Lado do Paraíso" | As 5 de "Viva a Diferença" | Bruna Marquezine em "Deus Salve o Rei" (fotos: divulgação/TV Globo)

Fiz um ranking dos posts mais repercutidos durante o ano em meu blog. Entre os 10 textos de maior audiência, 6 eram sobre o fenômeno "O Outro Lado do Paraíso" – a maioria, críticas pesadas. Fale bem, fale mal, a novela de Walcyr Carrasco deixou feliz o autor e a Globo e gerou o maior buxixo no ano. Entretanto, o post mais repercutido em 2018 foi justamente um elogio à novela: "Cena do julgamento do pedófilo foi a melhor de O Outro Lado do Paraíso" – foram quase 31 mil compartilhamentos só no Facebook.

Em segundo lugar, ficou o texto sobre a estreia da novela "Deus Salve o Rei", em que chamo Bruna Marquezine de robótica: "Neymar não concordará, mas Marquezine está robótica em Deus Salve o Rei".
O balanço final de "Malhação, Viva a Diferença", outro grande sucesso, aparece em 4º lugar: "Malhação discutiu diferenças sem ser piegas, impositiva ou panfletária".

Veja o ranking dos 10 mais em 2018:

01: "Cena do julgamento do pedófilo foi a melhor de O Outro Lado do Paraíso";
02: "Neymar não concordará, mas Marquezine está robótica em Deus Salve o Rei";
03: "Pedofilia na novela das 9 perde foco para polêmica dos psicólogos";
04: "Malhação discutiu diferenças sem ser piegas, impositiva ou panfletária";
05: "Novela das 9 exibe cena bonita sobre amor na velhice, mas erra feio depois";
06: "A Globo extinguiu o Zorra Total e Carrasco o ressuscitou na novela das 9";
07: "Por que uma novela mediana como Pega Pega conquistou audiência alta?";
08: "Haja fôlego! Maior qualidade de O Outro Lado é a trama ágil e dinâmica";
09: "Morte de atriz, nudez na abertura: 12 curiosidades sobre Mulheres de Areia";
10: "Anã de O Outro Lado não passa de atração grotesca para chamar audiência".

Agora listo os posts que mais gostei de ter escrito em 2018 e que repercutiram muito bem:

"Globo proíbe SBT de reprisar a novela Éramos Seis";
"Carrasco mirou em Nelson Rodrigues e acertou em Sarah Sheeva";
"Tempo de Amar: autor e diretor rebatem críticas à sofrência e protagonistas";
"De estrela mirim a capa da Playboy, relembre a carreira de Isabela Garcia";
"Sem graça e ultrapassado, humor em O Outro Lado só reforça preconceitos";
"Por que as novelas das seis são as melhores?";
"Trama frágil: Deus Salve o Rei é muita embalagem para pouco conteúdo";
"O ano em que a Globo se arrependeu de não transmitir o Carnaval carioca";
"Sob Pressão encerra a 2ª temporada como um dos melhores produtos da TV";
"Cansou das frases irritantes de O Outro Lado? Fizemos um bingo com ela";
"Malu Mulher votaria em Bolsonaro?";
"Série Conselho Tutelar da Record merece mais episódios e temporadas";
"Português é uma língua tão chinfrim, e outras 20 pérolas de Odete Roitman";
"Mais que cinebiografia, Bohemian Rhapsody é um tributo a Mercury e sua arte";
"Como Ana Furtado, 16 famosos que apareceram antes em aberturas de novelas";
"Odiada pela internet no passado, Gabriela Duarte vira o jogo na novela das 6";
"Ator também tem contas para pagar, vide o elenco de O Outro Lado do Paraíso";
"Difícil defender Segundo Sol: é a pior das novelas de João Emanuel Carneiro";
"Sutilmente, O Tempo Não Para discute dívida histórica entre brancos e negros";
"Onde Nascem os Fortes é um ótimo exemplo da mistura de série e novela";
"Tímida ou nervosa, Tatá Werneck se reinventa no Lady Night";
"Em minha cabeça eu já havia saído da TV, diz Regina Volpato do Mullheres";
"85 anos de Eva Wilma: o teste com Hitchcock e outros fatos de sua carreira";
"Grandioso, filme Roma" está na Netflix, mas deveria ser visto no cinema";
"Gosta de rir? Dupla leva às gargalhadas com Teatro Para Quem Não Gosta".

Também repercutiram as retrospectivas das carreiras das atrizes Eloísa Mafalda, Tônia Carrero e Beatriz Segall, falecidas em 2018:

"Relembre a carreira de Eloísa Mafalda, uma das atrizes mais queridas da TV";
"Beatriz Segall não quis mais viver vilãs nem falar de Odete Roitman";
"Ícone do teatro e cinema, Tônia Carrero fez pouca TV, mas deixou sua marca".

Feliz 2019!

Siga no Facebook – Twitter – Instagram

Sobre o autor

Nilson Xavier é catarinense e mora em São Paulo. Desde pequeno, um fã de televisão: aos 10 anos já catalogava de forma sistemática tudo o que assistia, inclusive as novelas. Pesquisar elencos e curiosidades sobre esse universo tornou-se um hobby. Com a Internet, seus registros novelísticos migraram para a rede: em 2000 lançou o site Teledramaturgia (http://www.teledramaturgia.com.br/), cujo sucesso o levou a publicar o Almanaque da Telenovela Brasileira, em 2007.

Sobre o blog

Um espaço para análise e reflexão sobre a produção dramatúrgica em nossa TV. Seja com a seriedade que o tema exige, ou com uma pitada de humor e deboche, o que também leva à reflexão.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Blog do Nilson Xavier