Topo
Blog do Nilson Xavier

Blog do Nilson Xavier

Órfãos da Terra, novela das 6 ou 9? Faixa das 18h é estratégica, diz Globo

Nilson Xavier

2010-04-20T19:07:00

10/04/2019 07h00

Kaysar Dadour e Herson Capri (foto: Paulo Belote/TV Globo)

O público de "Órfãos da Terra", a nova atração das 18 horas da Globo, foi pego de surpresa com uma produção que, a princípio, dispõe um tratamento que a audiência estava acostumada às 21 ou 23 horas. Nada de fantasias de época e melodramas leves e coloridos. A trama de "Órfãos da Terra" é folhetinesca (uma história de amor prejudicada por vilões), porém vem embalada em um realismo poucas vezes visto no horário. Seria a faixa das seis, agora, a menina dos olhos da Globo?

O drama dos refugiados, sírios e de outras nacionalidades, tão atual e sensível à opinião pública, serve de pano de fundo para a história de amor. Contudo, não há eufemismo ou melindres, como se poderia imaginar às 6 da tarde. Logo no início, a família da trama foi vítima de um atentado terrorista, perdeu tudo, foi obrigada a partir, e o caçula, um menino, morreu. A ficção não poupa a realidade.

Diante do realismo apresentado e da robustez das imagens, a estreia de "Órfãos da Terra" tem gerado especulações sobre a aprovação da trama para as 18 horas. Afinal, as autoras Thelma Guedes e Duca Rachid haviam apresentado uma sinopse para a faixa das 9 da noite, que não vingou, e depois criaram outra para as 23 horas, que acabou migrando para as 18, com alterações. O público questiona se "Órfãos da Terra" não seria uma produção mais adequada às 21 horas.

Conversei com Thelma Guedes e ela explicou o que aconteceu. Sobre a sinopse apresentada para as 21 horas, era uma outra história: "A novela 'O Homem Errado' [o título original era 'Jogo da Memória'] era para as 21 horas. A sinopse foi aprovada sim, a Globo estava animada. O primeiro bloco (do capítulo 1 ao 6), aprovado também. O segundo (do 7 ao 12) é que não foi aprovado. E decidiram cancelar a novela."

Marco Ricca e Julia Dalavia (foto: reprodução/TV Globo)

Com o cancelamento de "O Homem Errado", as autoras escreveram a sinopse de "Órfãos da Terra": "Apresentamos a novela para as 18 horas originalmente. Ao ler, Silvio de Abreu [diretor de dramaturgia da emissora] pediu uma versão para as 23. Fizemos uma, mais forte, indo mais fundo no tema. Mas ele disse que tinha ficado encantado com a anterior. E ficou decidido que seria para as 18 horas mesmo", conclui Thelma.

De acordo com a área de Comunicação da Globo, a opção por uma abordagem realista na faixa é mais estratégica:
"Todos os horários e todas as novelas têm a mesma importância. Cada horário tem suas características e desafios e cada um deles é tratado com igual atenção. A faixa das seis é muito estratégica, por ser a primeira das novelas da noite. Silvio de Abreu tem dado, inclusive, uma atenção especial a esse horário e os resultados têm sido animadores para as novelas e para a grade em geral. Por tudo isso, vamos continuar investindo nesse horário com ótimas tramas, elencos de grandes atores e importantes esforços de produção."

Com elogios vindos de todos os lados, a primeira semana de "Órfãos da Terra" impressionou pela qualidade da direção (Gustavo Fernández, André Câmara e equipe) e elenco vigoroso. Enquanto isso, a exibição de uma produção tão portentosa às 18 horas acena para uma nova realidade que se desenha: a de que os programas de televisão cada vez mais se desligam de horários engessados da grade.

Outra prova disso é a disponibilidade por parte da Globo de capítulos inéditos da novela no Globoplay antes de sua exibição na TV aberta – algo nunca tentado antes, em se tratando de novelas. Como disse o amigo Watson Hermann no Twitter, se você quer assistir a "Órfãos da Terra" às 21 horas, é só acessá-la diariamente no Globoplay às 21 horas. Voilà!

Siga no Facebook – Twitter – Instagram

Sobre o autor

Nilson Xavier é catarinense e mora em São Paulo. Desde pequeno, um fã de televisão: aos 10 anos já catalogava de forma sistemática tudo o que assistia, inclusive as novelas. Pesquisar elencos e curiosidades sobre esse universo tornou-se um hobby. Com a Internet, seus registros novelísticos migraram para a rede: em 2000 lançou o site Teledramaturgia (http://www.teledramaturgia.com.br/), cujo sucesso o levou a publicar o Almanaque da Telenovela Brasileira, em 2007.

Sobre o blog

Um espaço para análise e reflexão sobre a produção dramatúrgica em nossa TV. Seja com a seriedade que o tema exige, ou com uma pitada de humor e deboche, o que também leva à reflexão.