Topo
Blog do Nilson Xavier

Blog do Nilson Xavier

O escracho de Verão 90 dá lugar à reflexão divertida sobre a vida e a morte

Nilson Xavier

15/05/2019 07h00

Grazi Massafera | Antônio Fagundes | David Júnior (foto: João Cotta/TV Globo)

Na tarde de terça-feira (14/05), a Globo reuniu um grupo de jornalistas e colunistas de televisão para apresentar sua próxima produção: "Bom Sucesso", a nova novela das sete, que estreia em 29 de julho. O evento contou com a presença do diretor de núcleo Luiz Henrique Rios e dos autores Rosane Svartman e Paulo Halm – trio responsável por "Totalmente Demais", novela de 2015-2016. Sai a comédia escrachada ("Verão 90") e entra uma comédia dramática – bom para arejar e variar estilos e narrativas.

"Bom Sucesso" é uma alusão ao bairro Bonsucesso, subúrbio do Rio, uma das ambientações da trama. A história é sobre duas pessoas que têm resultados de exames médicos trocados, dos quais um deles traz uma sentença de morte. Paloma (Grazi Massafera), uma bela e jovem costureira e passista de escola de samba de Bonsucesso, recebe a notícia de que está doente e com pouco tempo de vida. Este resultado, na verdade, pertence a Alberto (Antônio Fagundes), idoso rico, autoritário e rabugento, morador da Zona Sul carioca, dono de uma editora.

A princípio, Paloma surta. Ao cair em si, a bela reverá seus valores e lutará para que valha a pena cada dia que lhe resta. No entanto, depois de se meter em algumas confusões, ela descobre a verdade, que os exames foram trocados, e decide ir atrás do verdadeiro dono do resultado trágico. Paloma conhece então Alberto e empenha-se em conscientizá-lo de que viver ainda vale a pena. Claro que há romances: Paloma se dividirá entre entre um amor do passado, Ramon (David Júnior), e um novo amor, Marcos (Rômulo Estrela) – ela não sabe ainda, mas ele é filho de Alberto.

Os autores de "Bom Sucesso" deixam claro que a novela não é um dramalhão, nem vai vai tratar da morte com peso ou morbidez. A doença de Alberto (ou seu tratamento) não é o foco, tanto que mal será especificada. É um tipo de câncer e fim. Não se fará alarde sobre a doença ou sobre a morte. "Pelo contrário, é uma novela sobre a vida", disse o diretor Luiz Henrique Rios. Uma comédia como todas as novelas do horário das sete, mas uma comédia dramática, que propõe uma reflexão, não sobre a morte, mas sobre "aproveitar a vida".

O encontro contou também com a presença da médica geriatra Ana Cláudia Quintana Arantes, especialista em cuidados paliativos com doentes terminais, autora do best-seller "A Morte É um Dia que Vale a Pena Viver". Ela reforçou a ideia de que a morte pode ser abordada com leveza, desde que a vida tenha sido levada em plenitude. Toda morte é triste, mas se a pessoa tem uma vida feliz, ela pode ter uma "morte feliz" .

Os autores Paulo Halm e Rosane Svartman e o diretor Luiz Henrique Rios | Rômulo Estrela (foto: João Cotta/TV Globo)

Outras abordagens na trama serão a literatura (Paloma é uma leitora compulsiva e Alberto dono de editora) e esportes (Ramon é jogador de basquete e foi tentar carreira nos EUA). Com "Bom Sucesso", a Globo volta a estrear uma novela das sete em uma segunda-feira: 29 de julho. A previsão é que a trama se estenda até o final de janeiro, totalizando em torno dos 150, 160 capítulos. O tema da abertura será o belo samba "A Sorrir", de Cartola, em uma gravação de Zeca Pagodinho e Teresa Cristina: "A sorrir eu pretendo levar a vida / Pois chorando eu vi a mocidade perdida". Tudo a ver com a proposta da novela.

O elenco
Grazi Massafera (Paloma)
Antônio Fagundes (Alberto)
Rômulo Estrela (Marcos)
David Júnior (Ramon)
Bruna Inocêncio (Alice)
Giovanna Coimbra (Gabriela)
João Bravo (Peter)
Fabíula Nascimento (Nana)
Armando Babaioff (Diogo)
Daniel Warren (Jorginho)
Valentina Vieira (Sofia)
Lúcio Mauro Filho (Mário)
Sheron Menezzes (Gisele)
Diego Montez (Willian)
Yasmin Gomlevski (Thaíssa)
Arthur Sales (Felipe)
Felipe Haiut (Jefferson)
Mariana Molina (Evelyn)
Shirley Cruz (Gláucia)
Antônio Carlos Santana (Léo)
Jonas Bloch (Eric Feitosa)
Thais Garayp (Bezinha)
Alexandra Martins (Leila)
Jorge Lucas (Dr. Mauri)
Marcelo Flores (Batista)
Carla Cristina Cardoso (Lulu)
Anderson Müller (Antônio)
Patrícia Costa (Esther)
Lana Guelero (Glória)
Stella Freitas (Terezinha)
Romeu Evaristo (Fabrício)
Guti Fraga (Padre Paulo)
Igor Fernandez (Luan)
Lucas Leto (Waguinho)
Caio Cabral (Patrick)
Ju Colombo (Elomar)
Gabriela Moreyra (Francisca)
Nathalia Altenbernd (Jeniffer)
Gabrielle Joie (Michelly)
Helena Fernandes (Eugênia)
Eduardo Galvão (Dr. Machado)
Gabriel Contente (Vicente)
Ingrid Guimarães (Silvana Nolasco)
Rafael Infante (Pablo Sanches)
Pedro Lobo (Ramon jovem)
Isabella Scherer (Paloma jovem)

Sobre o autor

Nilson Xavier é catarinense e mora em São Paulo. Desde pequeno, um fã de televisão: aos 10 anos já catalogava de forma sistemática tudo o que assistia, inclusive as novelas. Pesquisar elencos e curiosidades sobre esse universo tornou-se um hobby. Com a Internet, seus registros novelísticos migraram para a rede: em 2000 lançou o site Teledramaturgia (http://www.teledramaturgia.com.br/), cujo sucesso o levou a publicar o Almanaque da Telenovela Brasileira, em 2007.

Sobre o blog

Um espaço para análise e reflexão sobre a produção dramatúrgica em nossa TV. Seja com a seriedade que o tema exige, ou com uma pitada de humor e deboche, o que também leva à reflexão.

Blog do Nilson Xavier