PUBLICIDADE
Topo

BBB 20: Babu contraria as expectativas e faz o Brasil sorrir durante o caos

Duvidar da força de Babu é como duvidar da força da gravidade: coisa de ignorante! - Reprodução/Globoplay
Duvidar da força de Babu é como duvidar da força da gravidade: coisa de ignorante! Imagem: Reprodução/Globoplay
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

Colunista do UOL

19/03/2020 20h09

Tudo o que a gente menos temia aconteceu: Pyong foi para o paredão e caiu fora do BBB 20. Na disputa contra Babu e Rafa, o mágico levou a pior.

Sua luminosa presença era muito importante no jogo, e deu um ritmo totalmente particular à temporada, mas já fazia um tempo que sua ausência parecia tão promissora quanto.

Veja como está a cotação de cada participante em mais um ciclo na casa mais vigiada de Curicica.

EM ALTA

> Babu: Quem diria que no meio de uma pandemia o Brasil seria capaz de se envolver emocionalmente com um paredão do BBB? A comoção em torno do Babu foi uma das melhores coisas que aconteceram neste país desde a novela Paraíso Tropical. O Tim Maia brasileiro conseguiu um feito e tanto, trazer fãs do futebol para a votação de um reality show. O cancelamento do calendário de jogos pela CBF foi fundamental para a eloquente vitória.

> Prior: Não é o caso de falar bem ou mal, mas falar bem e mal, tudo a seu tempo. Felipera Trainspotting é a força da natureza que leva adiante o BBB. Faz jogadas esquisitas, fala umas asneiras detestáveis, mas consegue contornar tudo com carisma e bom humor. Subestimei muito a ideia de jogar Pyong no paredão contra Babu. El Mago estava certo e eu estava errado.

> Thelma: Está com uma história que é puro suco de BBB. Rejeitada pelas amigas, está fortalecendo outras alianças e ganhando popularidade entre o público. Só precisa ser mais corajosa e abraçar as caudas de cometa que insistem em passar perto dela. Acho que está quase!

> Daniel: Preciso confessar, já não consigo mais imaginar este programa sem Daniel lá dentro. São tantas situações estapafúrdias, uma miríade de comentários absolutamente revoltantes... Bom demais! Para quem gosta de constrangimento puro e simples, o cara é um open bar de cretinice. Agora que Pyong caiu fora e o Bloco Hegemônico não se segura mais, o Salsicha Orgastic pode continuar queimando o próprio filme pelo tempo que quiser.

EM BANHO-MARIA

> Rafa: Tem uma ótima leitura de jogo e entende muito bem tudo o que está acontecendo dentro daquela casa. Mas e daí? Eu também. Nem por isso vão me pagar aquele milhãozinho. Falta uma história para Rafa engrenar.

> Manu: Se transformou depois do quarto branco, agora é uma personagem muito mais interessante para o BBB. Irônica e divertida, tem ótimos papos com Rafa e Gabi. Também estendeu a mão para Thelma quando viu que ela estava sendo deixada para trás por Marcela. Mas ainda precisa criar uma narrativa mais forte.

> Gabi: A figura com mais facetas dentro do reality. Já foi o Curió Sonolento, depois passou para a namorada em crise e agora é uma espécie de viúva alegre. Estou me divertindo com suas idiossincrasias. E ela parece um Snarf dos Thundercats! Como não simpatizar?

EM QUEDA

> Flayslane: A impressão que eu tenho é que não deu liga com o resto do elenco. É uma personalidade interessante, mas não encaixou de jeito nenhum com a história que está sendo contada.

> Mari: Putz, não tem nada acontecendo ali.

EM DESGRAÇA

> Gizelly: A advogada do Pyong ficou sem seu cliente mais fiel. Agora só resta ficar aguardando o rapaz retornar de um paredão falso que nunca existiu. Tinha muito potencial, mas hoje só chama atenção por conta de diálogos lamentáveis sobre os adversários. Como dizem os jovens, hashtag equivocada.

> Ivy: A maior vilã de todos os tempos? Amaldiçoando Babu de maneira recorrente, não consegue acreditar que ele poderia vencer Pyong no paredão. É divertido pensar que a confirmação da eliminação do hipnólogo causará reações tão divertidas quanto a eliminação de fato.

> Marcela: Continua agindo de maneira condescendente com Thelma e protege a todo custo Daniel, um marmanjo que não sabe fazer nada direito. Além disso, continua intuindo que é uma espécie de régua moral, como se o mundo só pudesse ser observado mediante seu filtro. Se ficar muito mais tempo no jogo, é capaz da galera começar a puxar panelaço na janela toda vez que Marcela aparecer na TV.

URGENTE! PLANTÃO CHICO BARNEY

No episódio dessa semana, falei a respeito de Felipe Prior. Afinal de contas, El Mago é burro ou gênio? Descobriremos juntos, enquanto saboreamos essa pérola audiovisual da internet brasileira. Obrigado pelos elogios e mensagens de apoio!

E essas foram minhas humildes opiniões. Se não gostar, semana que vem tem outras.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Chico Barney