PUBLICIDADE
Topo

BBB 20: Eliminação de Manu é o melhor resultado no paredão contra Prior

A cantora Manu Gavassi (FOTO: Reprodução) - A cantora Manu Gavassi (FOTO: Reprodução)
A cantora Manu Gavassi (FOTO: Reprodução) Imagem: A cantora Manu Gavassi (FOTO: Reprodução)
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

Colunista do UOL

31/03/2020 12h47

Não tem santo no BBB 20. E também não tem diabo. São pessoas reais, tentando lidar com a situação absolutamente extraordinária de ter seus dias captados por câmeras de TV, com transmissão integral para uma vasta audiência, enquanto convivem com estranhos.

O paredão entre Manu, Prior e Mari já entrou para os anais do formato, com uma votação recorde. A ex-Panicat é uma mera coadjuvante: a verdadeira briga está acontecendo entre a cantora pop e o arquiteto do caos.

Os núcleos radicalizados que decidem paredões tiveram reforços importantes nesta disputa. Do lado de Manu, as fãs de Bruna Marquezine, uma das pessoas mais populares do mundo (no Instagram), e outras atrizes e cantoras como Iza. Apoiando Felipe Prior, jogadores de futebol como Neymar e Gabigol, além de torcedores órfãos dos jogos neste período de pandemia.

E não vou nem entrar no patético contexto político que o paredão ganhou, pois prezo por nossa saúde mental. O BBB não tem tanta importância assim e não merece ser visto com qualquer outro filtro que não seja o do passatempo rasteiro.

Faltando pouco mais de 3 semanas para o encerramento, a temporada histórica merece uma reta final à altura de tudo o que apresentou até aqui. Para conseguir manter em bom nível, é fundamental que Prior consiga eliminar Manu.

Menos por Manu, que durante boa parte do tempo esteve no time das plantas, preferindo dar força a uma personagem criada para bombar nas redes sociais. Depois que voltou do quarto branco, a cantora ficou mais confortável no papel de participante de reality show e abraçou, pelo menos um pouco, o jogo.

Como faz parte do Bloco Hegemônico da casa, ou seja, está em maior número, passou a acreditar que é uma espécie de Régua Sensata. Assim como Marcela, Gizelly, Ivy e Thelma, impõe sua opinião sobre os adversários como balizadora moral.

Se o público der força a isso, vai esmigalhar qualquer boa narrativa que ainda poderia surgir. As integrantes do grupo não gostam de entrar em conflito direto com ninguém, pois não precisam. Preferem esvaziar os debates e falar mal dos outros pelas costas. É mais tranquilo assim.

E esse é justamente o tipo de atitude que não fornecerá o entretenimento que tanto precisamos neste momento. As intrigas e os conchavos precisam continuar abertos, com as tensões bem definidas.

Apenas Prior é capaz de fazer isso, graças ao seu estilo pirotécnico de jogar. Não é uma avaliação moral: não é que ele mereça ficar por conta da correção de suas atitudes. É justamente o contrário. Precisamos de Prior por conta de tudo o que ele faz de errado.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Chico Barney