PUBLICIDADE
Topo

BBB 20: Perseguição com Gizelly parece vingança da produção

A revolta de Gizelly  - Reprodução/Globoplay
A revolta de Gizelly Imagem: Reprodução/Globoplay
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

Colunista do UOL

05/04/2020 17h06

A narrativa mais interessante do BBB 20 no atual momento é a aparente desinteligência entre a participante Gizelly e a produção do reality show. O que parecia uma guerra fria entre as partes descambou para o confronto direto.

Quando a advogada ganhou a liderança, a família enviou uma relevante informação externa: a foto da comemoração pelos 2 milhões de seguidores alcançados no Instagram. Teria sido um descuido da produção que permitiu que o recado chegasse na casa.

Coincidentemente, logo depois foi interrompida a tradicional festa do líder, que ocorria todas as quartas. Sem a aguardada homenagem, Gizelly ficou inconsolável. Chorou e reclamou muito durante boa parte da noite. Crueldade? Bom, o BBB nunca foi um passeio no parque.

Como vingança, na manhã seguinte, Gizelly leu com muita má vontade o texto de uma ação comercial na prova do anjo. Ou seja, desagradou a equipe do programa e também quem paga a conta. Rafa chegou a chamar a atenção da colega, mas não teve jeito. Na edição, quem apareceu declamando a poesia publicitária foi Manu.

O round seguinte foi o castigo do monstro. Gabi ganhou a prova do anjo e mandou Marcela e Gizelly para o sacrifício. Trata-se de uma "maratona de dança". Novamente demonstrando pouco espírito esportivo, a advogada não se esforça muito, reclama o tempo todo e, com isso, cada rodada é alongada por intermináveis minutos, e repetida várias vezes em todos os turnos do dia.

Se Gizelly já não é uma das pessoas mais equilibradas do planeta Terra, imagine como está seu psicológico com tanta intriga e conchavo. É admirável a disposição de entrar em uma briga que não tem como vencer.

Como consequência, está ainda mais irritada que de costume, chegando a gritar com as amigas do Bloco Hegemônico. E também reclamou bastante de uma suposta falta de disposição dos artistas que fizeram shows à distância na festa de sábado.

O maior perigo é a produção perseguir tanto a ponto de deixá-la novamente popular.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Chico Barney