PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Chico Barney


De Férias com Damares? Participantes são punidos por sexo em reality

A canadense Francesca,  um dos grandes destaques da primeira temporada de "Brincando com Fogo" - Reprodução
A canadense Francesca, um dos grandes destaques da primeira temporada de "Brincando com Fogo" Imagem: Reprodução
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

Colunista do UOL

29/04/2020 19h27

Com o encerramento do BBB 20, agora a sociedade civil encontra-se com tempo disponível para usufruir de outros formatos fascinantes da TV mundial. A novidade mais estapafúrdia do momento é "Brincando com Fogo", lançada no começo do mês pela Netflix.

A produção confina 10 sujeitos em uma praia paradisíaca. O elenco é formado por rapazes saradões e moças muito simpáticas e agradáveis.

O clima remete às melhores fofocas de Fernando de Noronha. Todos chegam no recinto achando que vão curtir algo como o "De Férias com o Ex" da MTV, com muita bebida e sacanagem.

Mas o clima de tensão sexual logo é substituído por repressão total. É basicamente um "De Férias com Damares". Cada vez que alguém beija ou faz sexo, todo mundo é punido. O cachê total dos participantes é diminuído a cada infração.

A ideia de que os prazeres da carne merecem ser punidos é extremamente conservadora. O programa parte do princípio de que a satisfação sexual afasta as pessoas, e só permite aconchegos mais íntimos quando é provado que existe uma conexão sincera entre os envolvidos.

É careta, mas muito divertido. Uma bobagem leve e descompromissada, do jeitinho que a gente merece.

Não vejo a hora de lançarem uma versão brasileira.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Chico Barney