PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Chico Barney


Pelo menos no Minecraft, Felipe Neto já conseguiu construir um mundo melhor

Felipe Neto no Minecraft - Reprodução/YouTube
Felipe Neto no Minecraft Imagem: Reprodução/YouTube
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

Colunista do UOL

29/05/2020 11h53

Felipe Neto quer um mundo melhor. Está trabalhando para isso intensamente há algum tempo, desde que passou a se colocar mais ativamente como uma peça relevante do debate político.

O youtuber e empreendedor é bem articulado e teve como rito de passagem uma participação elogiadíssima no programa Roda Viva da TV Cultura há algumas semanas. Amado por milhões de crianças e adolescentes, foi percebido por um novo público, intelectuais e formadores de opinião.

Mas enquanto as coisas seguem indo para o vinagre dia após dia na vida aqui fora, Felipe Neto já conseguiu construir um mundo de prosperidade e alegria no Minecraft.

Desde março o canal do influenciador no YouTube apresenta uma série desbravando as possibilidades do popular jogo. Para quem não é muito íntimo desse tipo de coisa, tento explicar brevemente: trata-se de uma mistura de Sim City com Lego —o usuário constrói todo um universo do zero, a partir dos insumos fornecidos pela "natureza", em gráficos confusos e deliberadamente pixelizados, sabe-se lá por qual motivo.

Não é aquele típico videogame com fases e chefões que precisam ser derrotados. O desafio é constituir uma sociedade de bem-estar geral, trazer o progresso de maneira harmônica com as matérias-primas disponíveis e tentar não morrer de desnutrição ou com o ataque de uns zumbis que eventualmente aparecem na calada da noite. Imagino que alguns governantes atuais teriam grande dificuldade com qualquer um desses itens.

No decorrer das dezenas de vídeos da narrativa em constante processo de evolução, Felipe Neto vai bem. Começou nu e desassistido em um mundo praticamente inabitado, mas agora possui um castelo tão frondoso quanto a NetoLand, além de um elenco de apoio simplesmente adorável, como o cachorro Espirro e várias aves que reuniu obstinadamente em um dos episódios mais cativantes.

O personagem do jogo acaba servindo como um avatar da boa aventurança proposta pelo youtuber no mundo real. No começo da saga, lamentou que precisava assassinar uma ovelhinha para não morrer de fome. Alguns episódios depois, quando a vida online melhorou, foi capaz de substituir a dieta carnívora por uma ampla oferta de batatas que mais parecem tijolos.

Não deixa de ser reconfortante saber que em algum lugar as coisas estão melhorando.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Chico Barney