PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Chico Barney


Sem maiores emoções, Mestre do Sabor continua irrelevante

Chefe Claude Troisgros, do programa Mestre do Sabor, visita a casa do BBB 20   - Reprodução/Globoplay
Chefe Claude Troisgros, do programa Mestre do Sabor, visita a casa do BBB 20 Imagem: Reprodução/Globoplay
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

Colunista do UOL

05/06/2020 00h41

Houve uma época em que o telejornalismo não conseguia preencher toda a sua grade com notícias de máxima relevância, como acontece de maneira devastadora no Brasil há alguns anos.

Além das matérias quentes, com tudo o que havia de mais importante na política, na polícia e no esporte, os noticiários investiam em reportagens sobre o cotidiano das cidades.

Grandes feiras gastronômicas, por exemplo, quando ainda era possível nos reunirmos em comunhão para esse tipo de evento.

Um episódio que entrou para os anais desse tipo de cobertura aconteceu na Festa da Uva em Caxias do Sul, no distante ano de 1996. Trabalhando na época no Jornal do Almoço da RBS, retransmissora da Globo em solo gaudério, Lasier Martins tomou um choque ao encostar em um cacho de uva.

O atual senador da república apostava em uma abordagem científica. Uma especialista traçava um cenário a respeito das uvas dispostas no mostruário. "A rainha itália, que é uma das mais conhecidas uvas de mesa, aqui a perlona, essa aqui é a tardia de caxias que é uma uva, é uma variedade nova e aqui a rubi, que é uma mutação da uva itália."

E Martins não se fez de rogado. "Essas, mais de mesa", resumiu rispidamente a explicação da entrevistada. Tendo o operador de câmera como interlocutor, seguiu para outro estande. "Aqui do lado, Pederneiras, aqui, por exemplo, tem..."

Bom, é exatamente nesse momento que o repórter toma o choque que lhe garante a eternidade. O gemido alto, o microfone batendo na boca e a queda, seguida pela reação ao mesmo tempo confusa e pragmática da apresentadora no estúdio, foram os elementos que transformaram Lasier Martins em um ícone nacional.

Escrevo tudo isso para comentar Mestre do Sabor. O programa de culinária da Globo parece uma visita a um pavilhão em que ocorrem eventos dessa estirpe. Uma produção linda, gente bem informada e muita explanação sobre sabores e conceitos.

Mas, cá entre nós, ninguém se importa de verdade com essas coisas. É o tipo de assunto que só tem espaço nas vidas e corações do público médio quando não existe absolutamente nada de mais relevante acontecendo. Não é bem o caso deste conturbado 2020.

Sem um modelo de competição emocionante ou apresentadores e jurados que não promovam tanto reforço positivo quanto os atuais, Mestre do Sabor é uma grande Festa da Uva. Mas falta o choque de Lasier Martins para que as coisas façam algum sentido.

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Chico Barney