PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Chico Barney


Com passagem pelo BBB, Mayra Cardi transformou a vida em reality show

Mayra Cardi - Reprodução/Instagram
Mayra Cardi Imagem: Reprodução/Instagram
Chico Barney

Chico Barney

Entusiasta e divulgador da cultura muito popular. Escreve sobre os intrigantes fenômenos da TV e da internet desde 2002.

Colunista do UOL

26/06/2020 13h27

Muita gente nem sabe, mas Mayra Cardi participou do BBB. Mais precisamente da nona temporada, como integrante da casa de vidro. Na época ainda assinava como Maíra.

Com o tempo, construiu uma nova imagem. Passou a fazer sucesso no Instagram e se tornou empreendedora —uma espécie de coach para emagrecimento, que virou uma coqueluche entre eminentes figuras como Anitta e o sertanejo Sorocaba.

Mas mesmo eliminada há muitos anos do paredão, o reality show não terminou para ela. Na verdade só começou. A própria vida de Mayra Cardi se tornou seu produto mais reluzente.

Em capítulo recente de sua jornada, a separação do ator e cantor Arthur Aguiar. Da decisão de terminar o casamento até a exposição dos fatos que motivaram a ruptura, tudo foi compartilhado com o público. É como se os seguidores fossem seus confidentes.

Não é à toa que Cardi mantém a popularidade em alta. A audiência se sente íntima, parte fundamental de suas histórias. E parece que é, de fato, mais do que uma estratégia de relevância na internet.

Como escrevi em outra oportunidade, já faz algum tempo que a fofoca trocou de mãos. Houve uma época em que a imprensa contava com um enorme contingente de fotógrafos que saíam por aí em busca de celebridades descuidadas que acabavam deixando à mostra algum detalhe pitoresco sobre suas vidas.

Mas as redes sociais aniquilaram os paparazzi, uma vez que os próprios famosos passaram a ter controle sobre como contam os bastidores da própria história.

A Beyoncé talvez seja o exemplo mais admirável. Passou um bom tempo sem falar com a imprensa, mas tratou de fomentar ela mesma os mais diversos rumores sobre sua vida pessoal, particularmente a relação com Jay-Z. A fofoca como plataforma de comunicação e marketing, conduzindo a narrativa de acordo com seus melhores interesses.

Um desafio para o futuro é entender até onde a intimidade de cada pessoa será refém do jugo popular, seja por vontade própria ou desejo de terceiros. Estaremos todos em um paredão constante?

Voltamos a qualquer momento com novas informações.

Chico Barney