PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Fefito


Na contramão de outras emissoras, SBT evita falar sobre herança de Gugu

Gugu Liberato (Reprodução/TVRecord) - Reprodução/TVRecord
Gugu Liberato (Reprodução/TVRecord) Imagem: Reprodução/TVRecord
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

27/02/2020 15h55

Resumo da notícia

  • No SBT, a ordem é respeitar a memória de Gugu e de sua família
  • Emissoras como Globo, Band e Gazeta acompanham a disputa pela herança
  • Apresentador negociava volta à emissora e tinha reunião marcada para março

Desde a morte de Gugu Liberato, em novembro do ano passado, em decorrência de uma queda enquanto tentava consertar um ar-condicionado, o noticiário a respeito da partilha dos bens do apresentador não cessaram. Do testamento a contestação por Rose Míriam, mãe dos três filhos, à natureza da relação e até mesmo à existência de um suposto namorado, não foram poucas as manchetes e declarações envolvendo advogados.

Na Globo, o "Fantástico" dedicou longas reportagens sobre o assunto. O mesmo ocorreu em algumas atrações da Record. Na Band, o assunto permeou a pauta do "Melhor da Tarde" e na Gazeta esteve em femininos com "Mulheres" e "Revista da Cidade". Na RedeTV!, o mesmo acontece. No SBT, no entanto, apenas silêncio.

A coluna apurou que a decisão não se deu por acaso. Em conversa com um diretor da emissora, descobriu que a ordem de Silvio Santos é preservar a imagem de Gugu e sua família, sem dedicar espaço a temas polêmicos. Como o apresentador iniciou a carreira na emissora, a ordem é de que escândalos sobre ele não terão espaço na grade de programação. Nesta semana, o "Fofocalizando" chegou a falar sobre o assunto, mas preciso de aprovação prévia para tal, e só o fez por ser sobre decisão a favor da família.

Além disso, após a morte de Gugu, veio a público a informação de que o apresentador negociava sua volta ao SBT e tinha uma reunião marcada para março deste ano para falar sobre a possibilidade de ter um programa no canal.

Fefito