PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Fefito


Coronavírus: 'Altas Horas' irá ao ar sem plateia e busca famosos de SP

Serginho Groisman no Altas Horas (Foto: Divulgação/ Globo) - Divulgação/ Globo
Serginho Groisman no Altas Horas (Foto: Divulgação/ Globo) Imagem: Divulgação/ Globo
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

13/03/2020 09h48

Resumo da notícia

  • Programa de Serginho Groisman abrirá mão da plateia para evitar aglomerações
  • Produção busca por famosos que estejam em São Paulo para evitar viagens de avião
  • Atração segue o mesmo protocolo adotado pelo "Domingão do Faustão"

Marcada para terça-feira (17), a próxima gravação do "Altas Horas" seguirá os mesmos moldes já definidos pelo "Domingão do Faustão" e acontecerá sem plateia por causa do coronavírus. Pela primeira vez desde o ano 2000, o programa comandado por Serginho Groisman abrirá mão das perguntas do público.

A medida segue o protocolo definido pela Globo de evitar aglomerações em suas produções para diminuir uma eventual propagação do vírus. Nas novelas, o número de figurantes também será diminuído.

A produção do "Altas Horas" procurada, ainda, famosos que estejam morando em São Paulo, onde ficam os estúdios da atração. Tudo para evitar que as personalidades tenham de pegar avião ou corra risco de se contaminar com a doença.

O modelo de perguntas para os convidados está sendo estudado. Tudo indica que Serginho Groisman comandará um bate-papo sem interferências externas, mas não se descarta pedir questões via internet.

Fefito