PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Fefito


'BBB': Marcela, Ivy e Gizelly disputam o título de vilãs da edição

BBB 20: Gizelly, Marcela e Ivy - Reprodução/Globoplay
BBB 20: Gizelly, Marcela e Ivy Imagem: Reprodução/Globoplay
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

02/04/2020 17h44

Resumo da notícia

  • Com as saídas de Prior, Daniel e Pyong, "BBB 20" carece de vilões para sua narrativa
  • Jogo de Ivy e Gizelly peca por instabilidade e preconceito e transforma Babu em alvo
  • Mais discreta, Marcela parece intocável e comanda as amigas ainda acreditando ser muito popular

Com a saída de Pyong, Daniel e Prior, os espectadores do "BBB 20" precisarão encontrar novos antagonistas para o jogo. Embora Flayslane seja o nome mais provável para ocupar tal posto, a cantora parece verdadeira e explosiva demais, um perfil diferente dos considerados estrategistas, manipuladores e calculistas. No que depender da narrativa atual do programa, alguém antes vista como planta, pode tomar posse das vilanices rapidamente. Antes apelidada de "Ivysível", a ganhadora da Casa de Vidro tem ganhado tempo de edição de maneira negativa. Ivy já foi acusada por Babu de tratá-lo feito monstro, já riu de sua forma física e declarou que o ator precisa ser tirado do programa e volta também seus canhões contra Thelma, negra assim como o intérprete de Tim Maia no cinema.

Ao lado de Ivy está Gizelly, instável desde o começo do jogo e também planejando a eliminação de Babu. Embora para muitos o jeito espontâneo da capixaba seja engraçado, como quando se defendeu do primeiro paredão ou reclamou de provas do líder, a advogada não parece muito decidida e, volta e meia, esconde-se atrás do plano de alguém. Não por acaso gritou fortemente o nome de Pyong Lee após a eliminação do hipnólogo. No começo do jogo, chegou a ir contra as amigas e votou em conjunto com Hadson. Por vezes odiava, outras paquerava, Felipe Prior. Já falou mal das amigas mais endinheiradas como Rafa e Manu e teve ciúmes de Marcela com Daniel. Nesta quarta-feira (1), ao não ganhar uma festa em sua homenagem, chorou. Horas depois, tentou sabotar uma ação de merchandising do programa, lendo as fichas de maneira triste, como se estivesse fazendo pirraça com a produção. O comportamento mimado por criar uma antipatia em quem só achava divertida.

Mais discreta e calculista, Marcela parece, sim, ser a grande vilã da edição, mas posa de boa moça. Chegou a afirmar que não enxerga divisão de grupos na casa, afirmação imediatamente negada por suas amigas. Sensata para muitos lá dentro, perdeu popularidade ao passar pano para os erros de Daniel e Pyong. Ainda sob efeito das informações trazidas por Daniel e Ivy, segue intocável no jogo e parecer acreditar que é a franca favorita ao prêmio. O único voto que levou até hoje, passados dois meses de programa, veio de Babu. Já foi criticada por Rafa e Manu por deixar Thelma de lado e, percebendo que a amiga também notou isso, tratou de trazê-la para seu lado tão logo perdeu o namorado. Para Ivy e Gizelly, a palavra de Marcela é lei. Resta saber quem criará coragem para colocá-la no paredão.

Fefito