PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Fefito


Record fecha contrato milionário de exibição de 60 filmes com a Sony

Tom Holland, em cena do filme "Homem-Aranha: Longe de Casa" - Reprodução/Internet
Tom Holland, em cena do filme "Homem-Aranha: Longe de Casa" Imagem: Reprodução/Internet
Fefito

Fernando Oliveira, conhecido como Fefito, é formado em jornalismo e pós-graduado em direção editorial. Teve passagens pela IstoÉ Gente, Diário de S. Paulo, iG, R7. Atuou como apresentador do Estação Plural, da TV Brasil, Mulheres, da TV Gazeta, e Morning Show, da Jovem Pan.

Colunista do UOL

22/06/2020 07h00

Resumo da notícia

  • Entre os filmes adquiridos estão as novas versões de "Homem-Aranha", "As Panteras" e "Jumanji"
  • Ao todo, serão 60 filmes em acordo fechada na casa das dezenas de milhões de reais
  • Sony é parceira da Globo na produção de novas séries, como "O Anjo de Hamburgo"

A Record está prestes a anunciar um acordo milionário de exibição de filmes da Sony Pictures. A emissora fechou contrato para ter os direitos de 60 filmes da distribuidora.

Entre os títulos, há produções como "Homem-Aranha", as novas versões de "As Panteras" e "Jumanji" e "Era uma Vez... em Hollywood". A coluna apurou que o valor ficou na casa das dezenas de milhões de reais.

O que chama atenção no acordo é que a Sony é parceira da Globo, que exibiu em janeiro deste ano, aliás, um dos filmes do herói da Marvel. Além disso, a emissora fechou um contrato de coprodução de séries.

Com a Sony, a Globo fará "O Anjo de Hamburgo", que relembra Aracy de Carvalho, mulher do escritor Guimarães Rosa, que ajudou centenas de judeus a escaparem para o Brasil durante o nazismo, e "Rio Connection", que conta a história de uma quadrilha que usava o Brasil para distribuir heroína pelo mundo.

A primeira série, aliás, já vinha rodando cenas na Argentina e no Brasil, mas teve os trabalhos interrompidos por causa da pandemia. Sophie Charlotte e Rodrigo Lombardi são os protagonistas.

Procurada, a Record não se manifestou sobre o acordo.

Fefito