PUBLICIDADE
Topo

Record vai precisar de um caminhão de dinheiro para fechar conta de novelas

Flávio Ricco Flávio Ricco*

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Flávio Ricco*

Colunista do UOL

23/11/2015 07h01

Não sei, sinceramente, se alguém na Record já parou e fez essa conta, mas admitindo-se que será historicamente possível inventar uma parte 2 de “Os Dez Mandamentos”, com 50 ou 60 capítulos, qual será o preço disso, considerando-se que quase ao mesmo tempo haverá também a obrigatoriedade de se produzir e até iniciar as gravações de “A Terra Prometida”, que entrará imediatamente a seguir?

Esta é uma questão que, além de tempo, envolve dinheiro. E muito dinheiro. Para começar, toda e qualquer novela de época, independente de qual seja, tem sempre um custo de produção superior às demais, com a confecção de figurinos, cenários e outros bem específicos objetos de cena.

Não bastasse tudo isso ou como outro agravante, em se tratando de um conteúdo religioso, a sua capacidade comercial se torna ainda mais limitada. Faturar com merchandising, por exemplo, não será possível de jeito nenhum.

Raciocinando apenas dentro dos aspectos colocados, tudo nos leva a concluir que só mesmo por milagre será possível fechar uma fatura desse tamanho. Vai ser necessário quase um caminhão de dinheiro para enfrentar tão altas despesas.

O que será?

Com o término de “Os Dez Mandamentos” na noite de hoje, fica a expectativa do que será do RecNov já a partir de amanhã.

Lá atrás, foi acertado que, com o encerramento da novela, o complexo passaria automaticamente para a Casablanca. Na semana passada, surgiram informações de que pode não ser bem assim.

Nada, por enquanto

Não se tem nenhuma notícia ainda se a Fórmula Indy voltará ou não à programação da Band em 2016, depois de todos os problemas ocorridos neste ano.

Toda e qualquer decisão só deverá ser tomada às vésperas da próxima temporada.

O que chama atenção

Vale lembrar que em 2016 teremos a 100ª edição das 500 Milhas de Indianápolis.

A prova será realizada no dia 14 de maio e uma série de solenidades começa a ser programada desde já para a ocasião. A ideia é transformar este evento na maior festa do automobilismo mundial.

Agora parece que vai

A direção da Record pretende anunciar ainda no decorrer desta semana e de forma oficial a contratação de Fábio Porchat.

A sua estreia, no entanto, só acontecerá no segundo semestre do ano que vem.

Clima ruim

Chega a informação que o clima ficou muito ruim no SporTV, em São Paulo, por causa de um desentendimento do narrador Milton Leite com o chefe de redação Carlos Cereto.

Logo os dois, que já foram grandes amigos e parceiros em várias jornadas.

O que se informa...

É que, por via das dúvidas, desde a última semana o CG, Carlos Gomes, que foi da Band e hoje está no Combate, deveria estar sempre a postos para assumir a chefia dos trabalhos no caso de alguma eventualidade.

Não por acaso, durante todos esses últimos dias, se tornou muito mais assídua a sua frequência na redação do SporTV.

Outra coisa

Inexplicável a ausência do comentarista titular Paulo Vinícius Coelho na transmissão de Real Madrid e Barcelona, sábado, no Fox Sports.

Rodrigo Bueno foi escalado para aquele que deveria ser o seu lugar.

Dizer que o PVC não poderia ficar longe da programação esportiva regular, entre 3 a 5 dias por causa da viagem é uma explicação que não cola.

Vai pro ar

A Globo começa a veicular no próximo domingo, durante o “Fantástico”, a sua mensagem de fim de ano.

Como esperança de um 2016 vitorioso, o principal foco é a Olimpíada do Rio de Janeiro.

Olha essa

A TV Verdes Mares, de Fortaleza, como programação de fim de ano, está produzindo o especial ”Chico Eterno”, com grandes estrelas homenageando Chico Anysio.

Além do Bruno Mazzeo, também já se confirmam as presenças de Fernanda Montenegro e Maurício Sherman. A Globo, inclusive, está dando todo o apoio.

Na mira

Mesmo com muito chão pela frente, ainda assim alguns nomes começam a surgir como prováveis da próxima novela da Glória Perez, só em 2017 na Globo, e, por enquanto, sem título.

Bruno Gagliasso, que já fez vários trabalhos desta autora, é um deles. Paolla Oliveira também está cotada.

Bate – Rebate

•       Patrícia Maldonado tem mandado avisar que, mais uma vez, vai marcar presença no carnaval da Band...
•       ... Mesmo morando atualmente em Orlando, ela virá ao Brasil especialmente para este trabalho.
•       Oscar Magrini aparece como convidado especial do episódio do ”Vai que Cola”, nesta segunda, 22h30, no Multishow.
•       Alguém sabe responder qual é a verdadeira situação da rede CNT?
•       A não ser em seus primeiros anos de existência, quando ainda era Rede OM, tivemos sinais de alguma coisa parecida com emissora de televisão...
•       ... Clodovil, Marília Gabriela e Galvão Bueno foram alguns dos contratados naquele começo...
•       ... Teve até o saudoso Eduardo Lafon como um dos seus diretores artístico e de programação...
•       ... Só que tudo isso foi lá atrás. De muitos anos para cá se transformou numa empresa que vende horários...
•       ... A inquilina da vez, que alguns chegam a afirmar que já virou dona, é a Igreja Universal...
•       ... Uma situação, no mínimo, estranha, mas que ninguém se dá ao trabalho de explicar...
•       ... Ou porque não querem ou porque não podem.

C´est fini

Vale a pena falar de novo: hoje, 23h15, o Viva vai estrear os episódios inéditos da "Escolinha do Professor Raimundo", com Bruno Mazzeo recebendo vários artistas e comediantes, fazendo o papel que o seu pai criou e viveu por muitos anos.

O canal mostrará cinco episódios, que também serão transmitidos nas tardes de domingo, em dezembro, na Globo, com mais dois programas inéditos.
Então é isso. Mas amanhã tem mais. Tchau!

*Colaboração de José Carlos Nery

TV e Famosos