Topo

Coluna

Flávio Ricco

"MasterChef" vai reacender seus fogões após Carnaval e traz mudanças

Divulgação
Ana Paula Padrão vai dar início a mais um "MasterChef" Imagem: Divulgação
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

18/01/2016 07h00

Como tantas outras zilhões de coisas no Brasil, as gravações do "MasterChef", neste 2016, também só irão começar após o Carnaval, com apresentação de Ana Paula Padrão e a indispensável participação do seu trio de jurados.

Esta terceira temporada, prevista para estrear em abril, reunirá um maior número de episódios, 25, sete a mais que a anterior, em 2015.

Outro ponto importante a se destacar também envolve a troca de responsabilidade na sua produção. A Eyeworks Cuatro Cabezas, responsável pelas duas primeiras edições e um trabalho muito bem executado, dará lugar agora à Endemol, nova dona do formato.

Trocas à parte, talvez o maior desafio do "MasterChef", para este ano, seja encontrar uma maneira para evitar o vazamento de seus eliminados. O problema não provoca estragos na audiência, mas frustra a expectativa de quem acompanha de casa. É necessário encontrar uma solução para isso, até em respeito ao telespectador.

*Colaborou José Carlos Nery

Leia a coluna na íntegra

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!