Topo

Coluna

Flávio Ricco

TVs concentram atenção no pedido de afastamento de Dilma

Charles Sholl/Futura Press/Estadão Conteúdo
Dilma Rousseff Imagem: Charles Sholl/Futura Press/Estadão Conteúdo
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

11/04/2016 07h00

Os membros da comissão do impeachment decidiram que será nesta segunda-feira, a partir das 17 horas, a votação do relatório do deputado Jovair Arantes (PTB-GO) sobre o pedido de afastamento da presidente Dilma.

Todas as grandes redes de televisão também estão na expectativa disso.

O resultado desta votação, a princípio, confirmará a sessão de votação do impeachment para o próximo domingo, na segunda-feira ou quando acontecer.

A Globo já decidiu que vai ficar ao vivo. SBT, Record e Band da mesma forma.

E desde o final da última semana foi decidido que a Record irá movimentar 200 jornalistas em um plantão especial. Em consonância com a programação, serão feitas diversas entradas ao longo do dia e uma mais prolongada no momento do anúncio do resultado.

O jornalismo da Rede TV!, no dia da votação, também terá prioridade na programação, com parte da sua redação transferida para Brasília.
Em São Paulo, a movimentação na Paulista será acompanhada por várias equipes, helicóptero e câmeras distribuídas ao longo da avenida.

Leia a Íntegra da coluna do Flávio Ricco

*Colaborou José Carlos Nery

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!