PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

Ex-funcionários da TV Cultura vão à justiça por seguro desemprego

Reprodução
Imagem: Reprodução
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

02/05/2016 07h00

Uma redefinição do código nacional de atividade econômica pelo Ministério do Planejamento do CNPJ da Fundação Padre Anchieta, fez com que a entidade passasse a ser reconhecida como Fundação Pública de Direito Público Estadual ou do Distrito Federal, e não mais Fundação Estadual.

Só que isso está impedindo que os demitidos da TV Cultura recebam o seguro desemprego. Para o Ministério do Trabalho, após essa redefinição, eles deixaram de pertencer ao regime celetista.

Consultada, a emissora informa tratar-se de interpretação do Ministério do Trabalho e Emprego e está disponibilizando aos ex-funcionários um documento para que eles apresentem ao órgão na tentativa de reverter a negativa quanto à concessão do benefício.

Este documento, no caso, não tem resolvido absolutamente nada e alguns já entraram na justiça.

Leia a coluna na íntegra

*Colaborou José Carlos Nery

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Flávio Ricco