Topo

Coluna

Flávio Ricco

Os muitos humorísticos do Multishow pecam pela falta de graça

Divulgação
O comediante Wellington Muniz, o Ceará Imagem: Divulgação
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

21/06/2016 07h00

É de chamar atenção o número bem elevado de programas apresentados como humorísticos no Multishow.

Uns se acham e outros são bem intencionados. Mas juntando todos, não dá um. Na maioria, verifica-se como problema comum, a falta de bons redatores.

As exceções ainda são o “Tudo pela Audiência” e o Tom Cavalcante quando entra com o seu programa de temporada.

Os demais deixam muito a desejar. Nem mesmo o Ceará, em quem se apostou muito, chegou a apresentar um rendimento à altura do que se esperava.

*Colaborou José Carlos Nery

Leia a coluna na íntegra

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!