Coluna

Flávio Ricco

Luiz Fernando Guimarães grava com Porchat e faz sátira de "Os Normais"

Divulgação
Luis Fernando Guimarães e Fábio Porchat fazem sátira de "Os Normais" Imagem: Divulgação
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL

26/04/2017 16h23

O ator Luiz Fernando Guimarães gravou na tarde desta quarta-feira participação no “Programa do Porchat”, na Record, que será exibida na noite de hoje.

Durante a gravação, Porchat relembrou sua ida ao “Programa do Jô”, em 2002, quando ainda era um desconhecido estudante de Administração.

Sentado na plateia, ele, fã de “Os Normais”, série estrelada por Guimarães e Fernanda Torres, pediu para se apresentar no palco imitando Rui e Vani, e foi atendido por Jô.

Aproveitando a presença do ex-contratado da Globo, Porchat e Guimarães fizeram uma esquete do seriado, que foi apresentado originalmente entre junho de 2001 e outubro de 2003. O Porchat, claro, de Vani.  

Sobre sua saída da Globo, o ator deu a seguinte justificativa: "Comecei a fazer novela e depois programas de temporada, sempre ia e voltava. Eu sempre levei para a Globo projetos meus. Perguntei: ‘Vocês têm algum projeto pra mim?’ Rompi meu contrato ano passado. Não queria um compromisso, vínculo. A Globo não tinha um projeto para mim. Mas minha vida é muito boa. Tenho muitas coisas para fazer no meu sítio.”

Questionado sobre os limites do humor: “Quando ele é constrangedor, não é humor. Humor não é politicamente correto, ele é do contra, ironiza. É uma visão engraçada de uma vida séria".

*Colaboração de José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo