Topo

Coluna

Flávio Ricco

Daiana Garbin comemora 1 ano de novo trabalho e relata superação

Divulgação
Daiana Garbin produz, filma e edita sozinha os vídeos de seu canal no YouTube Imagem: Divulgação
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

29/04/2017 07h00

Completou um ano no ar o canal “Eu Vejo”, da Daiana Garbin no YouTube dedicado a temas como transtornos alimentares e corporais. Um desafio que ela abraçou após se desligar do jornalismo da Globo.

Nos vídeos, com a participação de especialistas, são discutidos assuntos como anorexia, bulimia, vigorexia..., contando também com depoimentos do público.

Este trabalho também é uma forma de superação, como a própria Daiana relata no seu canal, ao afirmar que nesse período chegou a pensar seriamente em parar com o programa por causa das dificuldades de conviver com o transtorno da disfunção da imagem, também conhecido como dismorfia. “Senti vontade de desistir, de deletar o canal. Não é fácil falar de uma dor que ninguém enxerga...”, contou a jornalista.

Ela credita esse esforço de seguir em frente, também às milhares de pessoas que acompanham o seu trabalho.
Mulher do apresentador Tiago Leifert, Daiana também se prepara para lançar, muito em breve, um site e um livro, no segundo semestre, pela editora Sextante, ambos relacionados ao universo do seu canal de vídeos para ampliar ainda mais a discussão.

*Colaboração de José Carlos Nery

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!