Coluna

Flávio Ricco

Manoel Carlos explica por que nunca deu uma 'Helena' para Lília Cabral

Alex Carvalho/Divulgação
O autor Manoel Carlos Imagem: Alex Carvalho/Divulgação
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

03/05/2017 07h00

O Viva estreia neste domingo, às 18h30, com Manoel Carlos, a série “Donos da História”. A cada semana um autor vai contar sua história para as câmeras, amarrada a depoimentos de atores e diretores que participaram da sua trajetória. Um trabalho nos mesmos moldes de programas como "Damas da TV" e "Grandes Atores".

Os próximos focalizados serão Aguinaldo Silva, Antônio Calmon, Benedito Ruy Barbosa, Gilberto Braga, João Emanuel Carneiro, Maria Adelaide Amaral, Miguel Falabella, Ricardo Linhares, Silvio de Abreu, Walther Negrão, Duca Rachid e Thelma Guedes.

Neste primeiro “Donos da História”, o Maneco, como é conhecido na Globo, explica a razão de nunca ter dado uma Helena para Lília Cabral, que trabalhou em várias de suas novelas. Ele justifica que ninguém faz uma antagonista da Helena tão bem quanto a Lília. Afirma que a personagem anda com ela, melhora, “fica mais forte”. “Ela é uma atriz que sabe dar uma resposta ao papel”, elogia.

Sobre essa fixação pelo nome Helena em suas novelas, o escritor conta que as pessoas realmente têm muita curiosidade para saber o motivo. Perguntam se foi sua mãe, uma irmã, uma namorada, uma primeira mulher. Mas nada disso.

Helena, segundo ele, é apenas um nome que acha mais apropriado a uma personagem do que a uma pessoa real.

“Talvez também porque sempre gostei de mitologia, e a Helena mitológica é fantástica. A Helena que você lê nos livros é incrível e tinha muita semelhança às coisas humanas”, explica.

*Colaboração de José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo