PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

Carlos Cavalcante, repórter da Record, é atropelado e fratura a cabeça

Detalhe do para-brisa do carro que atropelou o jornalista Carlos Cavalcante - Flavio Ricco
Detalhe do para-brisa do carro que atropelou o jornalista Carlos Cavalcante Imagem: Flavio Ricco
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL

03/06/2017 19h03

Carlos Cavalcante, repórter do programa “Patrulha do Consumidor”, comandado por Celso Russomano na Record, foi atropelado pelas costas na manhã deste sábado (3), enquanto fazia uma corrida na Cidade Universitária, na USP.

Ao UOL, o jornalista disse que não se lembra do acidente e que ficou desacordado por 30 minutos. "Todo final de semana, eu corro na USP. Um carro aparentemente desgovernado atravessou a rua e entrou na área demarcada para corrida e me atropelou. Eu só me lembro de acordar com a cabeça ensanguentada e com o SAMU ao meu lado", contou. 

O jornalista Carlos Cavalcante, do programa "Patrulha do Consumidor", da Record - Divulgação - Divulgação
O jornalista Carlos Cavalcante
Imagem: Divulgação
"Foram alguns ciclistas que ligaram para o SAMU e não deixaram o motorista fugir. Eu fui arremessado por cima do capô do carro e acho que só não me machuquei mais porque faço atividades físicas regularmente e por anos treinei judô". 

Cavalcante está internado em estado regular na área semi-intensiva do Hospital Bandeirantes, no bairro da Liberdade. Ele não corre risco de morrer porém não tem previsão de alta. O motorista era um jovem de 21 anos que aparentemente dormiu no volante quando voltava de uma balada na região. O caso foi registrado na 91º DP.

O jornalista afirmou que sofreu uma fratura na cabeça e está aguardando o resultado de exames pois há a suspeita de uma pequena hemorragia. Além disso, ele também fraturou uma vértebra e sofreu escoriações em outras partes do corpo. "Minha cabeça está 'rachada' e o corpo

"Graças a Deus, meu estado não é grave, mas preciso ficar em observação", pontuou. 

"Não tenho nada contra o cara que me atropelou. A única coisa que eu quero é alertar para as pessoas não beberem e dirigirem. É muito perigoso", afirmou. 

A mulher de Cavalcante, Analice, está acompanhando no hospital. Hoje mesmo, ele disse já ter recebido visitas de amigos, da irmã e uma ligação de Celso Russomano. "Assim que eu melhorar eu volto para o programa". 

O jornalista Carlos Cavalcante é resgato pelo SAMU na USP após ser atropelado - Flavio Ricco - Flavio Ricco
Carlos Cavalcante é resgatado pelo SAMU na USP
Imagem: Flavio Ricco

*Colaboração de Felipe Branco Cruz

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Flávio Ricco