Coluna

Flávio Ricco

Estratégia falha e Mion amarga terceiro lugar em novo dia

Thiago Duran/AgNews
Marcos Mion Imagem: Thiago Duran/AgNews
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

06/06/2017 07h00

Decididamente, a estratégia elaborada pela Record para ter um programa da linha de shows também às sextas-feiras, não funcionou. Pelo menos ainda não. Mexeram errado nas peças e o “Legendários”, que fazia segundo lugar aos sábados, encontra-se agora estacionado atrás do SBT.

De um total de 13 confrontos, não ganhou nenhum. Foram 12 derrotas e um empate, na Grande São Paulo, de acordo com o Ibope.

Certamente, alguém pode até negar, mas a informação é que na Record já estão questionando essa mudança, uma vez que o programa estava consolidado e, ainda, dava um suporte importante para a Sabrina. Todos saíram perdendo.

Nesta sexta, o “Legendários” terá uma edição especial comemorativa aos seus sete anos de casa, com bolo, musicais e tudo que tem direito. Só que em função dessa errada estratégia de programação, não tem muito que comemorar. Se o Mion pudesse pedir um “presente”, com certeza seria sua volta para as noites de sábado.

*Colaboração de José Carlos Nery  


 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo