Coluna

Flávio Ricco

Em nova série, Drica Moraes usa fórmula da juventude para discutir relação

TV Globo/ João Miguel Jr.
A atriz Drica Moraes como a Angélica, da série "A Fórmula" Imagem: TV Globo/ João Miguel Jr.
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

12/06/2017 07h00

Colecionadora de bons papéis e excelentes desempenhos na TV, Drica Moraes agora foi chamada para viver a cientista Angélica, na série “A Fórmula”, de Mauro Wilson e Marcelo Saback, prevista para estrear em julho na Globo.

Na trama, a personagem cria uma fórmula da juventude e conquista a mesma aparência que tinha aos 20 anos por algumas horas.

Só que antes do experimento, ela acaba reencontrando uma antiga paixão, Ricardo (Fábio Assunção).

Como o relacionamento entre eles não terminou de maneira civilizada no passado, Angélica usa a fórmula temporária para rejuvenescer os dois e, a partir daí, discutir os motivos que os levaram a seguir diferentes caminhos.

Na fase jovem, os papéis serão de Luísa Arraes e Klebber Toledo. Lembrando que antes de optar por este título definitivo, a série até então era conhecida como “Somos Tão Jovens”.  

*Colaboração de José Carlos Nery

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo