Coluna

Flávio Ricco

Porchat envenena programa e mostra versatilidade na Record

Divulgação/TVRecord
Porchat comanda talk show na Record Imagem: Divulgação/TVRecord
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

15/06/2017 07h01

Os tantos programas de entrevistas, atualmente em cartaz, começam a obrigar seus responsáveis a deixar a zona de conforto, o já um pouco cansado papinho do estúdio. A ordem é diversificar e sair em busca do incomum para não ficar refém do velho esqueminha de sempre. É o que o Fábio Porchat e a equipe dele resolveram fazer na Record.

Fazer entrevistas nas ruas e fora do país, entrar na casa de anônimos e dar até prêmio em dinheiro para quem estiver assistindo ao programa são algumas estratégias adotadas.

Dentro deste espírito, o de quebrar o diagrama e fugir do usual, já estão previstas duas investidas, interagindo com produtos da própria Record.

A primeira, na semana que vem, quinta-feira, em São Paulo, o Porchat irá repercutir, ao vivo, a final do “Power Couple”, valendo-se da presença de Roberto Justus e todos os outros participantes. Promessa de conversar com todos.

A outra, aí no Rio, dia 26, será no encerramento do “Dancing Brasil”, da Xuxa, observando as mesmas prerrogativas. Está certo ele.

Degraus a mais
Com o caminho já há algum tempo pavimentado para isto, muito em breve Douglas Tavolaro deverá ser anunciado como novo vice-presidente geral do Grupo Record.

Atualmente, ele ocupa a vice-presidência de jornalismo.

Como pode?
Desde sempre se ouve falar que tempo em televisão é uma das coisas mais caras do mundo.

É de se admirar como programas para descobrir palavras ou diferenças na imagem ficam cerca de cinco, até 10 minutos, com a imagem parada, sem ninguém falar nada.

Hipocrisia
Aqui, jogos de azar, bingo e outros tantos continuam proibidos.

Como é possível deixarem funcionar esses programas na televisão, que são verdadeiros assaltos aos bolsos dos desavisados? A Bandeirantes, agora, não bastasse um horário da tarde, entregou boa parte da madrugada para um deles.

Vai longe
O filme do Edir Macedo, já em adiantado estágio de produção, não tem ainda uma data prevista para encerrar seus trabalhos.

Por enquanto, está tudo sendo feito por aqui, mas existem viagens previstas para Portugal e alguns países da África, entre outros.

Não é agora
A Globo já tem aprovado uma sitcom de Leandro Soares e Claudia Tajes, “A Tradicional Família Brasil”.

Mas a sua realização não será tão já. Talvez para o ano que vem ou o outro, tanto que ainda nem foi autorizado o seu processo de escalação.

Meio campo
Geraldo Luís, com o “Geraldo Brasil”, vai ocupar o espaço vago das noites de segunda-feira, entre o final da primeira temporada do “Dancing Brasil” e o início da segunda.

Um tapa-buracos, assim como aconteceu recentemente, antes do deslocamento do “Legendários” para as noites de sexta. 

Ale Cabral/AGIF
Jadson comemora terceiro gol do Corinthians contra o São Paulo Imagem: Ale Cabral/AGIF
Números expressivos
Corinthians e São Paulo, domingo passado, chegou a 30 pontos de audiência e 53% de participação na Globo, em São Paulo. Há muito tempo isso não acontecia.

A última vez foi num jogo do mesmo Corinthians, no Brasileirão de 2007, contra o Grêmio, quando do rebaixamento da equipe para a Série B. Os resultados do futebol têm observado crescimentos bem significativos.

Seleções
Ainda a propósito de futebol, sábado começa a Copa das Confederações, com a transmissão de Rússia, dona da casa, contra Nova Zelândia, a partir do meio-dia.

No domingo, outros dois jogos, Portugal e México, antes, às 12 horas, e Camarões versus Chile na sequência. Transmissões da Band, na aberta, SporTV, na fechada.

Fragilidade
“Pega Pega” tem provocado certa decepção, tanto fora como dentro da Globo, não com a sua audiência, em números bem razoáveis, mas ao que tem apresentado como novela.

Está muito no quadradinho, no mais ou menos, com uma história sem maiores atrativos. 

Bate – Rebate
•       Uma tristeza, ontem, a notícia da morte de Jorge Bastos Moreno...
•       ... Marca do bom jornalismo. Entre tantos outros trabalhos e registros, eram imperdíveis as suas entrevistas na CBN.
•       O “RIT Esportes”, no ar, todos os dias, às 13h30, apresentado por Anderson Cheni, está desde segunda-feira com novo pacote gráfico.
•       Silvio Santos está mais ativo do que nunca, todos os dias alterando a grade e mexendo com os programas do SBT.
•       Estão abertas as inscrições para o 8º DOC Futura, que vai selecionar um projeto de documentário de 52 minutos para coprodução e exibição no Canal Futura.
•       Mariana Santos está muito bem em “Pega Pega”. A personagem Maria Pia é um dos destaques da novela...
•       ... Novela que tem se destacado pelo bom desempenho do seu elenco.
•       O ator Thiago Martins, por acaso também de “Pega Pega”, está gravando nova websérie para Antarctica...
•       ... Este será o seu quarto trabalho para a marca.

*Colaboração de José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo