Coluna

Flávio Ricco

Depois do rádio, programas religiosos dominam a televisão

Getty Images
Imagem: Getty Images
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

20/06/2017 07h01

Aquilo que se temia, de que um dia a televisão pudesse chegar ao lastimável estado do rádio, veio a se transformar na mais triste realidade.

Hoje, aquele que se serve apenas dos conversores para receber o sinal digital, especialmente em centros onde o analógico já foi desligado, depara-se com uma quantidade igual à das emissoras de AM e FM em se tratando de programação religiosa.

E a maioria, funcionando como um grande comércio a céu aberto, vendendo a palavra de Deus, através de artifícios como Carnê da Semeadura, Carnê da Fé, todos com fartas promessas e falsas encenações de milagres e curas, explorando impunemente a boa-fé das pessoas.

Um sistema de dominação que parece não ter fim, abençoado pela frouxidão das leis e autoridades, que apenas tentam tirar proveitos próprios e políticos dessas diversas bandeiras religiosas.

Vai que vai
Num país como o nosso, com o sistema de saúde à beira da falência, as promessas e encenações de cura divulgadas nesses programas, com toda certeza, continuam a causar estragos irreparáveis na vida de muitas pessoas. Quantas não chegaram a óbito?

O mais surpreendente é que ninguém toma providência.

Quintal de casa
Independentemente de o Brasil não estar lá, é um trabalho de gente grande a transmissão da Copa das Confederações, na Rússia, pelo SporTV.

Foi para lá com alguns dos seus grandes profissionais, oferecendo uma cobertura digna do melhor dos reconhecimentos.

Hora do amém
A Band estreou ontem os novos cenários do “Brasil Urgente”, do Datena, inclusive com novos recursos para a abordagem do noticiário.

Mas divulgaram só ontem. Como se fosse um grande segredo, para ser falado em cima da hora.

Candidato
Sobre a necessidade da Band contratar um novo diretor comercial para o lugar do Marcelo Mainardi, surgem as primeiras especulações.

O nome do Glen Valente, ex-SBT, é o que está aparecendo com mais força.

Outra Band
Com a final do basquete no sábado, mesmo dia do início da Copa das Confederações e os jogos da mesma competição, direto da Rússia, no domingo, a Band deu sinais da velha e boa Bandeirantes do passado.

Televisão é isso. Não igreja, jogos de enganação e outros do gênero.

Gabriel Gabe/SBT/Divulgação
Chris Flores assume lugar de Ticiana no "BBQ Brasil" Imagem: Gabriel Gabe/SBT/Divulgação
Bateu o martelo
O SBT já tem decidido que irá ao ar, sim, mais uma temporada do “BBQ Brasil – Churrasco na brasa”, no segundo semestre do ano.

E com a Chris Flores, confirmada, no lugar de Ticiana Villas Boas.

Nova alteração
Ainda a propósito do próximo “BBQ Brasil”, o comercial do SBT, de mangas arregaçadas, já está em busca de um novo patrocinador.

Com certeza não será a Friboi, que, aliás, tem diminuído drasticamente seus investimentos na mídia.

Todas as armas
Se faltava o Celso Russomanno entrar na briga da Simba com as operadoras, desde a manhã de ontem não está faltando mais.

Incumbido das funções, no “Hoje em Dia”, ele assumiu a defesa de uma senhora contra a Sky e depois apresentou matéria sobre cobranças que considera indevidas.

Tudo bem isso?
O “Pânico”, de algumas edições para cá, inventou das panicats, as em atividade e outras antigas, se desafiarem em lutas de MMA, com todas as trocas de golpes que têm direito.

Essas moças, em geral siliconadas, não correm nenhum risco?

Desnecessário
Em comunicado no ar desde o apagão analógico em São Paulo, a Claro mantém o aviso que ainda busca um acordo para voltar a transmitir os canais da Simba - SBT, Record e Rede TV!.

Só que em abril, o executivo José Félix, presidente da América Móvil no Brasil, dona da Claro e Net, foi bem objetivo em relação à exigência das emissoras. “Não vamos pagar”, garantiu Félix.

Se já existe esta determinação, qual a necessidade desse comunicado?

Bate – Rebate
• Depois de 59 dias afastado, tratando de uma pneumonia, o veterano Altieris Barbiero voltou ontem, a apresentar seu programa na rádio 9 de Julho.
• Isabeli Fontana e Di Ferrero serão os convidados do “Vai Fernandinha”, nesta terça, 22h30, no Multishow.
• “Os Dias Eram Assim” tem empolgado muita gente. Sem dúvida, uma das grandes realizações da Globo nos últimos tempos...
• ... Mas tem razão a Patrícia Kogut: a supersérie salta várias vezes de época e ninguém envelhece...
• ... Nem um cabelinho branco aparece na cabeça de ninguém...
• ... Passa a fórmula.
• “Plataforma 137” ou “P 137” são os nomes registrados pela Globo para uma minissérie que se passa em uma plataforma de petróleo...
• ... Já em fase de desenvolvimento, o projeto é do Mauro Wilson...
• ... E que é baseado em um trabalho do escritor e roteirista Max Mallmann, morto em novembro do ano passado...
• ... Rodrigo Lombardi está cotado para viver o protagonista.  

*Colaboração de José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo