Coluna

Flávio Ricco

Assistir a televisão aos domingos é o jeito mais triste de começar a semana

Getty Images/iStockphoto
Mulher chora vendo televisão - choro tristeza TV Imagem: Getty Images/iStockphoto
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

01/08/2017 07h01

Apelar para a emoção é até um direito que todo e qualquer programa tem para chamar audiência. Para o lado bom ou ruim, comprovadamente, é um componente que sempre funciona.

O “SBT Repórter”, quando ainda estava no ar, mostrou um encontro de touros, gravado no norte de Portugal, com cada animal representando uma determinada região. Espetáculo dos mais violentos. O pico do programa, no minuto a minuto do Ibope, se deu quando uma lágrima escorreu do olho de um dos contendores habilidosamente captada pelo cinegrafista Carlos Mangini.

E isto num programa com quase 50 minutos de arte, que mostrou outras curiosidades e características daquele país. Funciona, o que se condena é o exagero.

Isto para dizer que a tarde de domingo na televisão, com quase todos os programas que a compõe, não tem apresentado outra coisa senão este apelo a comoção .Na Record, explorar tudo isso, mais do que norma, virou especialidade da casa.  

Sabendo que recorrer ao bom sentimento das pessoas dá resultado, há nítida insistência em não produzir nada diferente. E o que se vê são  os mesmos espetáculos de assistencialismo, dor e sofrimento de sempre.

O componente emoção, como se constata, nunca foi tratado com tanta e tamanha vulgaridade. Hoje, o jeito mais triste ou trágico de começar a semana é assistir televisão aos domingos.

Repercussão
Até pelo tamanho e representatividade do jornalismo da Globo, as mudanças nos seus interiores, provocadas por diferentes motivos, sempre chamam mais atenção.

Não por acaso foram tão intensos os barulhos causados pelas saídas de nomes como Mariana Godoy, Sidney Rezende, Flávia Freire, Eduardo Grillo, Ana Brito, Daiana Garbin e Evaristo Costa, entre outros.

Regra 3
Evaristo Costa vinha servindo de substituto do Tadeu Schmidt por ocasião das suas férias e eventuais ausências no “Fantástico”.

Ainda não foi definido quem, a partir da saída do Evaristo, passará a desempenhar esta função.

Munir Chatack/Divulgação/Record TV
Juliana Didone e Alexandre Slaviero nos bastidores de "Belaventura" Imagem: Munir Chatack/Divulgação/Record TV
Bastidores
“Belaventura” entra em sua segunda semana de exibições na Record.

No destaque, Juliana Didone e Alexandre Slaviero, Brione e Gonzalo, que vivem um romance proibido na novela.

Acelerando
Daniel Adjafre, autor da próxima novela das sete, na Globo, “Deus Salve o Rei”, já entregou os primeiros capítulos para início de produção.

As gravações começam em outubro, mas a estreia só será em janeiro.

Nova ordem
Este primeiro solo do Adjafre já irá se inserir nas novas regras estabelecidas pela teledramaturgia da Globo.

A estreia de toda e qualquer novela sempre se dará com no mínimo 60 capítulos escritos. “Deus Salve o Rei” terá Marina Ruy Barbosa, Bruna Marquezine e Renato Góes como protagonistas.

Vovô em série
Silvio Santos ainda está em férias fora do Brasil, mas ainda não tem certeza da próxima. Muito provavelmente, a sua costumeira saída em todo final de ano, em se tratando da próxima, corre o risco de não acontecer. Três das suas filhas estão grávidas e em vias de.

Daniela em dezembro, Renata em janeiro e Patrícia em fevereiro.

Qual a fórmula?
“Os Dias Eram Assim”, mesmo em tempos de uma discreta barriguinha, continua chamando atenção, tanto pela boa história como no desempenho do seu elenco.

Só tem uma coisa: mesmo com os vários saltos de tempo, nenhum personagem envelheceu nem um pouquinho. Não apareceu uma ruga ou cabelinho branco em ninguém. Passa a segredo.

Rádio
Está praticamente certa a contratação do padre Marcelo Rossi pela Capital. Ele que durante anos foi a maior audiência da rádio Globo.

Divulgação
Cena de "Noivo Neurótico, Noiva Nervosa", de Woody Allen Imagem: Divulgação
Clássicos do cinema
A TV Cultura estreia nesta sexta-feira, às 22h30, a faixa semanal “Cine Cult”. Com produções dos estúdios MGM e Paramount, trará dezenas de filmes clássicos, com apresentação de Chris Maksud.

O primeiro mês terá um especial do cineasta norte-americano Woody Allen, com “Noivo Neurótico, Noiva Nervosa” (1977) na estreia do programa. “A Rosa Púrpura do Cairo” (1985), “Hannah e Suas Irmãs” (1986) e “A Era do Rádio” (1987) serão exibidos nas semanas seguintes. Entre outros títulos previstos, “Rede de Intrigas” (1976), “Chinatown” (1974), “Os Intocáveis” (1987), “Bonequinha de Luxo” (1961) e “Crepúsculo dos Deuses”(1950).

Bate – Rebate

• Conforme o previsto, Pedro Bial retomou as gravações de seu programa no dia de ontem...
• ... E foi uma volta tranquila aos estúdios, porque ele está com uma boa frente... 
• ... Aliás, para o bem de todo e felicidade geral do público presente, é bom verificar que há uma diversificação no final de noite...
• ... Bial, Porchat e Danilo Gentili têm apresentado programas bem diferentes um dos outros...
• ... Até mesmo em se tratando dos convidados se observa que quase não há nenhuma repetição.
• Participação de Marcello Airoldi em “A Força do Querer” começa no próximo dia 9...
• ... Vai aparecer como um ex-namorado de Joyce(Maria Fernanda Cândido)...
• ... Mas uma reaproximação entre os dois será sabotada por Silvana (Lília Cabral).
• “Sal da Terra”, por enquanto, é só um título de trabalho da nova novela de Thelma Guedes e Duca Rachid, na Globo, faixa das 18 horas.
• “Jornal da Cultura”, apresentado pelo Willian Corrêa na TV Cultura, estreou ontem seus novos cenários.

*Colaboração de José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo