Coluna

Flávio Ricco

Novela da Globo terá misto de dramalhão mexicano e "Conde de Monte Cristo"

Raquel Cunha / TV Globo
Bianca Bin como Clara, personagem de "O Outro Lado do Paraíso" Imagem: Raquel Cunha / TV Globo
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

10/08/2017 07h00

O “Outro Lado do Paraíso”, escrita por Walcyr Carrasco e que vai substituir “A Força do Querer” a partir de outubro, está com todo jeitão de dramalhão mexicano -- mas bem daqueles -- com algumas pitadas de “O Conde de Monte Cristo”, romance de Alexandre Dumas.

Lá, por exemplo, vamos encontrar a professora Clara, vivida por Bianca Bin, descrita como uma “grande heroína”, que será vítima de um plano da sogra, Sophia (Marieta Severo), por sua vez apresentada como “a grande vilã”. E que acabará internada em uma clínica psiquiátrica.

O detalhe é que nesta clínica a protagonista ficará internada cerca de 10 anos, longe de tudo e todos.

Só com o passar do tempo, Clara descobrirá que foi vítima de uma armação e fugirá do local. A partir deste momento, dará início a um plano de vingança contra Sophia, a filha dela, Lívia, personagem da Grazi Massafera e o psiquiatra Samuel, Eriberto Leão.

O drama da professora será desencadeado no instante em que ela se casar com Gael (Sérgio Guizé), filho da vilã, e quando descobrirem a existência de esmeraldas nas terras da jovem.

Uma vez que o roteiro terá como temática a Lei do Retorno, a vingança da mocinha não tardará. As gravações já estão acontecendo em várias locações no Tocantins.

Colaboração de José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo