Topo

Coluna

Flávio Ricco

Vida pós-Band: "Pânico" tem capacidade para seguir em outra emissora

Divulgação
Emilio Surita comanda o "Pânico" na Band Imagem: Divulgação
Flávio Ricco Flavio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Flavio Ricco

Colunista do UOL

25/10/2017 00h05

Um esclarecimento que se faz necessário em relação ao atual momento do “Pânico”.

A saída da Band em dezembro, caso venha a se confirmar o plano da emissora, poderá não significar o fim do programa.

Apesar de não repetir o mesmo sucesso de outros tempos, trata-se de um produto que tem mercado e é cuidado por um grupo de profissionais dos mais competentes.

Se as portas na Bandeirantes realmente se fecharem, nada impedirá um acerto da equipe de Emílio Surita com qualquer outra emissora. Esta também é a torcida de diversos profissionais, entre técnicos e humoristas, que passaram pelo programa e hoje defendem outras cores.

Vários deles procuraram a coluna e se disseram solidários aos colegas.   

*Colaborou José Carlos Nery

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!