Coluna

Flávio Ricco

Fã, Luque diz que "achava demais" atuação de Pedro Bismarck como Nerso

Estevam Avellar/Globo
Dani Calabresa, a Catifunda; Kiko Mascarenhas, o Galeão Cumbica; Fernanda de Freitas, a Marina da Glória, e Marco Luque, como Nerso Imagem: Estevam Avellar/Globo
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

25/11/2017 00h05

Neste domingo, a partir das 13h15, a Globo promove a estreia da terceira temporada da “Escolinha do Professor Raimundo”. Entre as novidades da turma, a chegada de Marco Luque, interpretando o caipira Nerso da Capitinga, tipo consagrado por Pedro Bismarck.

“Estou muito feliz em participar de um projeto que sempre fui tão fã. Eu adorava assistir a versão original da ‘Escolinha’, morria de rir com os personagens”, declara o ator, que também participa do “Altas Horas” na emissora.

Sobre o desafio de interpretar um tipo tão popular, muito bem defendido durante anos por seu criador, no vídeo, e atualmente nos palcos do país,

Luque diz que a oportunidade de viver Nerso “é muito especial porque eu o imitava, achava a atuação de Pedro Bismarck demais”. “Fazer parte de um elenco com tantas feras do humor brasileiro é uma honra e uma grande realização", conclui.

Em tempo: longe da televisão, Pedro Bismarck, que neste sábado comemora 56 anos, continua se apresentando com o show “Nerso  30 Anos de Riso”, em homenagem aos 30 anos de carreira, pelas principais cidades do país.

*Colaborou José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo