Coluna

Flávio Ricco

O sucesso da TV se deve ao bom resultado de poucas emissoras

Getty Images/iStockphoto
Imagem: Getty Images/iStockphoto
Arte/UOL
Flávio RiccoFlavio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL

08/12/2017 00h06

As pesquisas têm comprovado que a televisão aberta está mais em alta do que nunca, com a sua audiência observando crescimento em todas as faixas de horário. Em tempos de crise como os de agora, um panorama constatado como simples consequência ou resultado até natural, por ser uma das poucas opções gratuitas na vida de todos. Via controle remoto, qualquer um pode ter acesso a um leque de opções, entre filmes, novelas, transmissões esportivas, entretenimento e por aí afora.

Uma situação de absoluta liderança em comparação aos demais meios, sem nenhuma perspectiva de se alterar nos próximos tempos. Tudo isso, mas sempre com a ressalva que toda generalização é burra, daí a necessidade de sempre destacar a linha divisória entre as TVs que de fato realizam e fazem acontecer de outras que não passam de um nome ou número.

E indiferentemente do sistema a que se integram, o aberto ou o fechado.

De Portugal
A Globo contratou o diretor português Hugo de Sousa, que tem vários sucessos no currículo, como “Morangos com Açúcar” e “Ouro Verde”, para trabalhar ao lado de Frederico Mayrink em “Orgulho e Paixão”, substituta de “Tempo de Amar”.

É considerado um reforço muito importante para a novela escrita por Marcos Bernstein, que inicia ainda este mês as suas gravações.
 
Pode isso?
Marcelo Meira, que nem há uma semana deixou a vice-presidência executiva do Grupo Bandeirantes, dia desses teve impedida a sua entrada na emissora. Ordem do jurídico, de acordo com o funcionário da portaria.

Só depois de muito constrangimento, alguém resolveu liberar.

Verdadeira coleção
Para as gravações da minissérie “Se eu fechar os olhos agora”, em andamento no município mineiro de Catas Altas, a produção da Globo foi criteriosa na escolha dos carros.

Do Bel-Air ao Coupe Barbada tem de tudo um pouco.

Aventura no mar
O “Domingão do Faustão” está preparando ainda para este mês, em forma de especial, a exibição de uma reportagem gravada por João Paulo Krajewsk em diferentes partes do mundo sobre o comportamento das orcas.

As imagens são impressionantes.

Bem vendido
O “Hoje em Dia” com a volta do cabo, se segurou na segunda posição do Ibope e sempre mantendo a sua boa regularidade no campo comercial. 

É, disparado, o programa mais vendido da Record, em quantidade de inserções e ações de merchandising, a ponto de abrir mais um break entre novembro e dezembro. Em vez de 4 agora são 5.

Divulgação
Léo Medrado, técnico Givanildo e os jornalistas Mario Marra e Eduardo Affonso Imagem: Divulgação
Versão Nordeste
A partir de segunda-feira, a ESPN passa a exibir o “Bola da Vez Nordeste”, versão regional do programa de entrevistas da emissora. O programa contará com a participação de nomes do esporte nascidos ou consagrados na região e terá apresentação de Léo Medrado, comentarista baseado em Recife.

A iniciativa de realizar um programa direcionado ao público nordestino reforça o empenho em atender aos fãs em todo o país. Na estreia, às 21h, na ESPN Extra, quarto canal da ESPN no Brasil, o entrevistado será o técnico Givanildo Oliveira.

Resultado lógico
A Band tem dois ou três produtos que se destacam em audiência e o futebol sempre aparece entre eles.

As transmissões da Liga dos Campeões, nas terças e quartas-feiras, regularmente batem na casa dos 10 pontos. Inexplicável a falta de esforço para voltar com mais intensidade ao campo de jogo.

Outro detalhe
Internamente na Band, em alguns dos seus principais setores, o assunto Copa da Rússia é tratado com incrível e até surpreendente tranquilidade: “Vamos fazer e pronto”. É o “vamo que vamo”.

O espantoso é que, medidas práticas para isso, até agora nenhuma.

Petit comité
Na quarta-feira, dia que antecedeu a final de “A Fazenda”, Roberto Justus recebeu 150 pessoas para um jantar em homenagem ao prefeito João Doria.

Aliás, em se tratando de “Fazenda”, foi bem elogiada a participação do Gugu.

Suzanna Tierie / Divulgação
Boni e o ator Thelmo Fernandes, que o interpreta na cinebiografia do Velho Guerreiro Imagem: Suzanna Tierie / Divulgação
Boni do cinema
Está prevista para setembro de 2018, em todo o país, a estreia de “Chacrinha: Velho Guerreiro”, com Stepan Nercessian no papel do apresentador.

Boni, amigo de Chacrinha, no filme estará representado pelo ator Thelmo Fernandes. As empresas Media Bridge e Globo Filmes também estão no projeto.

Bate – Rebate
• Trussardi e BrazilFoundation lançaram uma campanha de arrecadação de fundos para ajudar a “Instituição Saúde Criança” e o Instituto “Maria da Penha”...
• ... A ação vai doar para as duas instituições 20% do faturamento da loja virtual da Trussardi em todas as compras.
• Um aviso: na segunda-feira, 11, na Livraria da Vila, o lançamento da “Biografia da Televisão Brasileira”, em Curitiba...
• ... Aliás, um agradecimento a todo pessoal da Rede Massa, com Ratinho e Mauro Lissoni à frente, por todo apoio ao acontecimento.
• Vai ao ar na madrugada de segunda, 1º da manhã, o “SBT Repórter Especial”, com as perspectivas da economia para 2018.
• Eder Luiz, Ivan Drago, Márcio Bernardes e Marco Bello estão na lista de profissionais da rádio Transamérica que viajarão para a Copa da Rússia.
•  A exemplo de Fabiana Karla, Roberto Guilherme também fechou para uma nova sitcom de Tom Cavalcante no Multishow...
• ... Karla como esposa do Tom, e Guilherme, como sogro...
• ... Gustavo Daneluz, que já fez algumas produções do SBT, também estará no elenco desta sitcom do Tom.

*Colaborou José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo