Coluna

Flávio Ricco

Música mais executada de Rita Lee em 2017 está na trilha de "Celebridade"

Reprodução/TV Globo
Deborah Secco em cena de Darlene em "Celebridade" Imagem: Reprodução/TV Globo
Arte/UOL
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

29/01/2018 00h05

Vale a pena ouvir de novo. A música “Amor e Sexo”, interpretada por Rita Lee, voltou ao vídeo por meio da reprise de “Celebridade” na Globo. Um trabalho que embala o romance dos personagens Darlene (Deborah Secco) e Vladimir (Marcelo Faria).

Escrita por Gilberto Braga, a novela foi ao ar há quase 15 anos, e um levantamento do ECAD (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) revela que este trabalho da Rita ainda está muito presente no dia a dia das pessoas.

De todas as músicas dela tocadas nas rádios do país ano passado, “Amor e Sexo” fora aquela que mais chamou atenção e, sem surpresa, alcançou o primeiro lugar.

Em relação à trilha de “Celebridade”, o ECAD revela outro detalhe interessante. Ela também traz canções compostas há décadas, como “Com que roupa?”, de Noel Rosa, na voz de Gilberto Gil.

Composta em 1930, a música ainda é lembrada e cantada por pessoas de diferentes idades. Ao todo, estão registrados neste Escritório 86 fonogramas nas vozes de nomes como Caetano Veloso, Zizi Possi, Martinho da Vila, Zeca Pagodinho, Anitta, Ivan Lins, Roberta Sá e Diogo Nogueira.

*Colaborou José Carlos Nery

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Topo