PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

Eliminação na Copa deixou Tite atordoado, com ódio e frustração

Tite e os jornalistas João Carlos Albuquerque,Gustavo Hofman e Mauro Cezar Pereira - ESPN
Tite e os jornalistas João Carlos Albuquerque,Gustavo Hofman e Mauro Cezar Pereira Imagem: ESPN
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

07/11/2018 00h05

Tite, técnico da seleção, gravou ontem uma entrevista para o programa “Bola da Vez”, que a ESPN irá exibir à meia-noite de sábado para domingo.

E o assunto – ainda – não poderia ser outro: a eliminação do Brasil na Copa da Rússia.   

“Na primeira semana eu acordava de madrugada achando que tínhamos empatado, que o jogo ia para a prorrogação”, declarou Tite, revelando os efeitos provocados pela derrota para a Bélgica na competição, entre outros perrengues.

Os dias seguintes também não foram nada fáceis. “Fiquei com muita raiva e ódio, não estava receptivo”, disse ele.

Na gravação, o treinador ainda falou sobre a carreira, Neymar e campeonato brasileiro.

Além do apresentador João Carlos Albuquerque, o programa conta com as participações dos jornalistas Mauro Cezar Pereira e Gustavo Hofman.

*Colaborou José Carlos Nery

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Flávio Ricco