Topo

Coluna

Flávio Ricco

Mesmo com diferenças, programas de humor têm sempre boa aceitação

Estevam Avellar/TV Globo
Dani Calabresa é um dos bons valores do elenco do "Zorra" Imagem: Estevam Avellar/TV Globo
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

13/11/2018 00h06

O “Zorra” mudou, deixou o “Total” de lado, e continua como uma excelente opção da Globo ao público nas noites de sábado. A diferença do antigo, em relação ao novo, é que as piadas de agora precisam ser explicadas. Ou de um certo tempo até serem entendidas. Tudo ao contrário daquele que existia.

E também diferente do que a “Praça”, do SBT, por exemplo, sempre foi. Considerado por alguns como um programa antigo, ruim e apelativo, mas que vai cumprindo com enorme fidelidade tudo que se espera dele. Faz o seu telespectador se divertir o tempo todo, sem quebrar a cabeça.

O mesmo com a “Escolinha”, tanto as lá detrás, em reprise no Viva, ou as revividas por Bruno Mazzeo. Por que sempre fazem sucesso? Com toda certeza, porque têm na simplicidade o seu principal ingrediente.

Comparações que não significam críticas a quaisquer dos modelos. Talvez o meio termo, no caso de todos, fosse o ideal.

Mas o importante é que o humor, independentemente da maneira que é feito ou apresentado, continua com enorme aceitação junto ao público.

Descalibrado

Sábado, na transmissão de Corinthians e São Paulo, no Premiere, foi bem complicado ouvir a narração de Milton Leite ou os comentários de Maurício Noriega.

O som ambiente, o da torcida, estava mais alto. De quem é a responsabilidade, não sei. Se dos operadores no estádio ou da Globosat no Rio, mas isso é o que menos conta. O importante é resolver o problema.

Mais uma

O serviço do Globopay é uma outra operação que necessita de ajustes.

Há um travamento muito frequente em qualquer uma das suas exibições, com a sistemática informação “carregando”, especialmente durante a exibição de séries americanas.

Jornalismo

Acompanhada do repórter cinematográfico Marcelo Clayton, Sonia Blota passou oito dias preparando três matérias sobre o comércio Brasil – China. E os investimentos que estão sendo planejados para cá nos próximos tempos.

Todo esse material será programado para exibição no “Jornal da Band”.

Ramon Vasconcelos/TV Globo
Imagem: Ramon Vasconcelos/TV Globo
Parece que foi ontem

Fora da Globo, Izabella Camargo tirou boa parte da sua segunda-feira, para rever os amigos da sua antiga casa.

Passou várias horas na Band, cumprimentando e conversando com todo mundo. Foi só uma visita.

Uma correção

Para as próximas edições do Teleton, bem que os seus organizadores poderiam pensar numa utilização melhor dos artistas convidados, especialmente o pessoal das outras emissoras.

A participação de vários deles, porque o pessoal do SBT está sempre à frente, não passa de simples figuração.

Balanço

De todo o elenco do SBT, Rachel Sheherazade, Christina Rocha e o conjunto Ultraje a Rigor não participaram do Teleton. O elenco adulto de “Poliana” também não.

E a Record tinha prometido a presença de três dos seus contratados. A única, no entanto, foi Renata Alves, do “Hoje em Dia”. Os outros dois, Gugu e Rodrigo Faro, com compromissos particulares não puderam comparecer.

Duas bobeadas

Ainda do Teleton que se foi, desconsiderando os atropelos normais e aceitáveis, em dois momentos foram cometidos erros imperdoáveis.

Na apresentação de Claudia Leitte, fora todo problema constrangedor, na sua troca de roupa, o diretor de TV cortou para a plateia. E fez o mesmo, quando a campanha passou dos R$ 30 milhões. Abriu no público em vez do placar.

Praia dela

Oficialmente, a Globo tem dito que “Troia”, de Manuela Dias, continua na fila das 21h.

O curioso é o comentário, cada vez mais forte por lá, sobre a possibilidade de esse trabalho virar, na verdade, uma minissérie. Dizem até que a própria Manuela torce muito por isso. É a praia dela.

Reprodução

“Verão 90”, substituta de “O Tempo Não Para” na Globo, irá reproduzir Ipanema dos anos 1990 na sua cidade cenográfica, com destaque para as galerias, pizzarias e os orelhões daquele tempo.

Jeniffer Nascimento, que foi para a final do “Popstar” com nota máxima dos jurados, começou a gravar participação na novela. 

Divulgação/Record
Elisa Romero é a novidade no elenco de "Jesus" Imagem: Divulgação/Record
Primeiro dia

Elisa Romero, atriz do espetáculo “Luz del Fuego”, estreia nesta terça-feira em “Jesus”, na Record.

Temina, a personagem, se torna serva pessoal de Cláudia (Larissa Maciel) e espiã de Caifás (Eucir de Souza)

Time montado

Na direção de “Jezabel”, macrossérie da Record, Alexandre Avancini contará com a colaboração de Hamsa Wood e Arme Manente.

E ainda terá o apoio do diretor de fotografia, Ricardo Fujii.

Bate – Rebate

• Augusto Madeira e Claudio Gabriel começaram a gravar a segunda temporada da série “Ilha de Ferro”, na Globo.
• Ontem, na redação do “Jornal Nacional”, muitos comentários sobre a segunda cerimônia de casamento do Bonner com a fisioterapeuta Natasha Dantas, ocorrida no sábado...
• ... Em tom de brincadeira, não faltou entre eles o popular “também não fui convidado”.
• “Nascar Show”, após os jogos da Premier League, é o novo produto da faixa esportiva da Rede TV!, com estreia na primeira quinzena de dezembro...
• ... Um programa especial, todos os sábados, com as participações de Fernando Navarro, Tiago Mendonça, Fernando Fontana e a repórter Bibiana Bolson...
• ...Bibiana, que seguirá também com seu trabalho na ESPN.
• Ontem, por vídeo conferência, a direção da Band realizou mais uma reunião com o pessoal da Disney...
• ... Ainda não há nenhuma definição sobre o acordo, mas todos saíram bem otimistas da conversa.
• O programa “Terra da Padroeira”, exibido ao vivo no domingo, na TV Aparecida, das 9h às 12h30, ficou em quarto lugar na audiência média geral, atrás apenas de Globo, SBT e Record.

*Colaborou José Carlos Nery

Errata: o texto foi atualizado
13/11/2018 às 11h00
Ao contrário do informado em uma primeira versão deste texto, o nome correto do comentarista do Premiere, na transmissão de Corinthians e São Paulo, é Maurício Noriega. A informação já foi corrigida.