Topo

Coluna

Flávio Ricco

Problema do "Vídeo Show" passa longe de apresentadores

Divulgação/TV Globo
Joaquim Lopes e Sophia Abrahão comandam o Vídeo Show Imagem: Divulgação/TV Globo
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

25/11/2018 00h05

Hoje, em alguns setores da Globo, existe o entendimento que não dá mais para recuperar o que se perdeu para Record e SBT na faixa do “Vídeo Show”, em relação aos números de audiência da Grande São Paulo.

Já foram várias as mudanças no programa e nenhuma surtiu o efeito desejado.

Prova disso, o “Balanço Geral” continua sobrando, fazendo bonito no ibope, enquanto a dobradinha “Bom Dia”/”Fofocalizando” também já se mostra como ameaça.

Afastar as ex-“BBBs” Vivian Amorim e Fernanda Keula e promover a volta de Joaquim Lopes simplesmente não modificou nada na ordem das coisas.

E isso porque os apresentadores não são o maior problema do “Vídeo Show”, que, na verdade, depende muito é do seu conteúdo.

Se existe a pretensão de algum dia voltar à liderança e se distanciar dos outros, a Globo, antes de tudo, precisa cuidar melhor do formato e verificar a razão dessa fuga constante de audiência.

Do contrário, segundo o pessoal da emissora, nada irá acontecer. 

*Colaborou José Carlos Nery