Topo

Coluna

Flávio Ricco


"Malhação" alcança a marca de seis mil episódios na Globo

Antonio Chahestian/Divulgação/Record TV
Carla Cecato, apresentadora da Record, também passou por "Malhação" Imagem: Antonio Chahestian/Divulgação/Record TV
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

2019-01-04T00:05:00

04/01/2019 00h05

Esta sexta-feira, dia 4, será uma data muito especial para todos aqueles que participaram ou ainda colaboram nos trabalhos de "Malhação", na Globo. 

A novelinha, que estreou em 24 de abril de 1995, chega hoje à marca de 6000 mil episódios. 

Na primeira temporada, escrita por Márcia Prates, Andrea Maltarolli, Emanuel Jacobina, Patrícia Moretzsohn e Vinícius Vianna, redação final de Charles Peixoto e supervisão de Ricardo Linhares e Ana Maria Moretzsohn, passaram nomes como Ademir Zanyor, Ana Paula Tabalipa, André Marques, Bruno de Lucca, Carla Cecato, Carla Regina, Claudio Heinrich, Danton Mello, Luigi Baricelli, entre outros.

"Malhação", atualmente, exibe sua vigésima sexta temporada, com o subtítulo de "Vidas Brasileiras".

Já não revela valores como em outros tempos, é verdade, mas ainda é uma importante porta de acesso para as demais produções da casa, como novelas, minisséries e até programas. E até da concorrência.

Carla Cecato, hoje apresentadora da Record, é só um exemplo.

*Colaborou José Carlos Nery