Topo

Coluna

Flávio Ricco


SporTV exibirá série de jogos históricos da NBA com Jordan, Bryant e LeBron

Michael Jordan em ação na NBA pelo Chicago Bulls com a camisa 23  - NBAE / Getty Images
Michael Jordan em ação na NBA pelo Chicago Bulls com a camisa 23 Imagem: NBAE / Getty Images
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

09/08/2019 00h05

A temporada 2019-2020 da NBA só terá início em outubro, porém os fãs desse campeonato de basquete, considerado o melhor do mundo, poderão matar a saudade a partir da próxima semana.

Isso porque o canal SporTV irá exibir, entre este mês e outubro, uma série de dez jogos históricos da liga. Serão dez partidas marcantes, uma por semana, com narração de Roby Porto e comentários de Marcelinho Machado e Rodrigo Alves.

Dentre os confrontos escolhidos, o jogo 6 das Finais de 1998 - último título de Michael Jordan pelo Chicago Bulls (contra o Utah Jazz) -, a partida entre Los Angeles Lakers e Toronto Raptors em 2006, quando Kobe Bryant marcou 81 pontos, e o jogo 5 entre Cleveland Cavaliers e Detroit Pistons pelas finais da Conferência Leste (LeBron James anotou 48 pontos).

Assim que o SporTV fechar a programação, informaremos datas, horários e canal de exibição.

Em tempo, a NBA comemora os bons índices de audiência alcançados no Brasil. De acordo com os dados do Ibope/ Repucom, o basquete aparece como o terceiro esporte em números de fãs (cerca de 40 milhões de pessoas declararam interessadas e/ou muito interessadas).

Na temporada 2018-2019, foram mais de 800h de transmissão ao vivo em TVs aberta e paga (além de produções exclusivas em português no app NBA League Pass), mais de 320 partidas transmitidas e o registro de 20% de acréscimo na audiência das Finais em relação a 2018 (39% em relação a 2017).

Ainda segundo o instituto, mais de 23 milhões de pessoas foram impactadas diretamente pela TV nas Finais que tiveram o Toronto Raptors como campeão.

*Colaborou José Carlos Nery

Flávio Ricco